Home Notícias Voz do Povo Provas do concurso público de Itajaí não serão aplicadas na cidade

Provas do concurso público de Itajaí não serão aplicadas na cidade

A Fepese, instituição responsável pelas provas do concurso da prefeitura de Itajaí, está divulgando desde à noite de terça-feira os locais das provas do concurso que acontecerá no próximo o domingo.
O problema é que as provas não serão aplicadas em Itajaí. Os candidatos terão que se deslocar para municípios como Brusque, São José, Balneário Camboriú, Camboriú e até Joinville.
“Alguns candidatos que se inscreveram para dois cargos, pois o edital permitia, pagaram a inscrição e terão que desistir de uma prova, por causa do deslocamento entre uma cidade e outra. Nunca vi isso”, denuncia um candidato.
Outro denunciante diz que o edital de inscrição não cita a possibilidade de os locais de provas não serem em Itajaí. “Qualquer pessoa média, após ler o edital e não ter a devida ressalva quanto aos locais de prova, já reservaria antecipadamente hotel e compraria passagens para a cidade em que pretende prestar o concurso”, analisa.
O denunciante é de fora da cidade, reservou hotel em Itajaí e foi surpreendido com a prova que vai acontecer em Brusque. “Hoje, a cinco dias da prova, descobri que ela será aplicada em local completamente diverso do esperado. Isso é no mínimo revoltante”, desabafa.
Os denunciantes cobram uma posição da prefeitura e da Fepese sobre os locais da prova e pedem a suspensão e reagendamento do concurso. “Não me parece crível que em Itajaí não haja locais suficientes para a realização do concurso”, diz o denunciante.
Outro candidato lembra que em Itajaí tem colégios estaduais, municipais, particulares e instituições como Univali, IFES e Unisociesc, por exemplo. “Enfim, locais suficientes no município para que todos possam fazer a prova em Itajaí. No mínimo os candidatos merecem uma explicação plausível”, pede.
A prefeitura de Itajaí diz que só irá se manifestar na tarde de quarta-feira.

Concurso pra 87 vagas
No concurso de domingo, os candidatos concorrem a 87 vagas em nível médio e nível superior para a administração pública direta e indireta. Os salários podem chegar a R$ 7.503,21. As vagas são para cargos na prefeitura municipal, fundação Genésio Miranda Lins e Instituto Cidade Sustentável. Entre os cargos a serem preenchidos estão: advogado, bibliotecário, historiador e técnico em segurança do trabalho. Os cargos com mais vagas são os de agente em atividades administrativas, com 19 vagas, seguido de assistente tributário municipal, com 15 vagas.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com