Home Notícias Voz do Povo Prefa confirma que pode multar Coletivo por ônibus

Prefa confirma que pode multar Coletivo por ônibus

Concessionária tem a obrigação de disponibilizar busos adaptados para deficientes

Usuário diz que espera duas horas pra conseguir voltar pra casa

A prefeitura de Itajaí informou que se forem constatadas falhas nos ônibus adaptados da Coletivo Itajaí, conforme o DIARINHO denunciou ontem, a empresa poderá ser autuada.
“Falha no funcionamento dos equipamentos adaptados a portadores de necessidades especiais está entre as irregularidades passíveis de autuação à empresa. As penalidades apontadas pelo decreto 10.907/2017 são progressivas conforme o registro das ocorrências”, informou a assessoria de imprensa.
Na primeira infração por ônibus, a Coletivo será penalizada com uma advertência por escrito. A segunda será uma multa de duas unidades fiscais municipais (UFMs) por ocorrência, que dá pouco mais de R$ 130. No caso de reincidência no mesmo dia, será aplicada uma multa de quatro UFMs por ocorrência (mais ou menos R$ 600) e a terceira infração multa de seis UFMs (cerca de R$ 900) por ocorrência, até acabar a irregularidade.

Multas semana que vem
A procuradoria jurídica informou que esta semana, após a publicação do decreto, está orientando a empresa e solicitando que todas as pendências sejam regularizadas. A partir da próxima semana, as multas começarão a ser aplicadas. Os usuários podem denunciar as irregularidades via Ouvidoria, pelo telefone 0800 6464040 ou no e-mail do Procon: fiscal.procon@itajai.sc.gov.br.
Todas as irregularidades geram um relatório que será encaminhado para a aplicação das multas. Uma força-tarefa de fiscalização será montada para ampliar o monitoramento ao serviço de transporte público.

Espera de duas horas
O estudante cadeirante Eduardo Tavares dos Santos Gomes, 20 anos, espera todos os dias até duas horas para pegar um ônibus adaptado no terminal da Fazenda.
Ele mora no São Vicente, mas estuda em período integral no colégio Nereu Ramos. A demora rola porque tem poucas linhas com ônibus adaptados pro bairro e, muitas vezes, a plataforma está com defeito.

Compartilhe: