Home Notícias Voz do Povo Pagou regularização, mas recebeu multa da mesma forma

Pagou regularização, mas recebeu multa da mesma forma

Notificação foi aplicada na Joca Brandão

O microempreendedor Anselmo Crispim, 46 anos, tá na bronca com a Estapar, que toca o estacionamento rotativo em Itajaí. Pela segunda vez, a empresa mandou um auto de infração mesmo depois de ele ter regularizado o uso das vagas, com o pagamento dos tíquetes.
No ano passado, ele já havia recorrido da multa e a defesa foi aceita porque Anselmo tinha guardado o comprovante de regularização. Na quinta-feira passada, ele recebeu mais uma “surpresa” em casa.
“Fui notificado mesmo tendo regularizado. Vou ter que recorrer novamente”, reclama, dizendo que vai levar a queixa pra frente, à polícia e ao Ministério Público. Ele também promete processar a empresa.
Anselmo foi notificado por usar uma vaga de forma irregular na frente no Fórum Universitário, na Joca Brandão, no centro de Itajaí. Ele fez a regularização e a notificação deveria ter sido cancelada após o pagamento. Um amigo de Anselmo também relatou o mesmo problema.
O motorista acredita que muita gente tá saindo no prejuízo, pois nem todo mundo guarda os comprovantes de pagamento. “Se fizeram isso comigo, imagina com tantas outras pessoas. Isso é má fé. Eles [empresa] contam com que a pessoa perca o comprovante. Se você não guarda o comprovante, vai ter que pagar a multa”, diz.

Notificação foi válida
A Estapar esclareceu, através da assessoria de imprensa, que a notificação ao cliente foi feita de acordo com as regras da zona azul de Itajaí.
A empresa informou que o motorista emitiu um novo tíquete só após os 10 minutos e de forma errada.
Segundo a empresa, Anselmo não regularizou a notificação no parquímetro, apenas imprimiu um novo horário para o estacionamento. Com isso, ficou mantida a notificação.
A empresa explica que o motorista tem até 10 minutos pra emitir a regularização após o recebimento da notificação. Quando o usuário não regulariza no sistema, a informação é enviada à autoridade municipal de trânsito, no caso a Codetran, que é responsável por aplicar a multa.

franciele
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com