Home Notícias Voz do Povo Não tem direito ao benefício e está morando de favor

Não tem direito ao benefício e está morando de favor

Ela pede ajuda com doações de comida para conseguir sobreviver

Problemas de saúde provocaram inchaço e ruptura no joelho

Há um ano a auxiliar de produção Indianara Veiga, 29 anos, está penando para conseguir se aposentar por invalidez. Sem direito ao benefício do auxílio-doença e sem poder trabalhar, ela tá morando de favor e passando dificuldades. A mulher pede ajuda com doações.
Indianara teve trombose e também perdeu parte da cartilagem do joelho. “Pra caminhar dificulta. As dores são terríveis”, conta. Desde então, ela tá na batalha pra receber o benefício no INSS, mas não consegue.
Indianara foi despejada da quitinete onde morava e tá morando de favor na casa de uma amiga, que também tem dificuldades para se manter.
Quem puder ajudar, pode procurar Indianara na rua João Jacinto Vieira, 10, no Promorar, bairro Cidade Nova. Ela precisa principalmente de alimentos. “Estou sem ter o que comer”, desabafa.

Não tem direito
Rogério Hercílio Corrêa, gerente do INSS de Itajaí, explica que Indianara já recebeu o benefício outras duas vezes. Só que ela parou de contribuir com o INSS em 2014. Agora não tem mais direito ao benefício.
Rogério diz que os dados da mulher no sistema têm“inconsistências” e pode ser que alguma informação não esteja atualizada.
O gerente orientou Indianara a ir na agência com os documentos pessoais e pedir uma revisão do pedido, pro INSS analisar se esse é o motivo de ela ter tido o benefício negado. MV n

franciele
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta