Home Notícias Voz do Povo Motoristas fazem retorno irregular

Motoristas fazem retorno irregular

DNIT montou trevo provisório em novembro, mas motoristas continuam fazendo barbeiragens no trecho da BR-470

A instalação de trevos provisórios pelo departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em dois pontos da BR-470, em Navegantes, não impediu que alguns motoristas continuassem fazendo uma conversão proibida na rodovia. A PRF tá de olho e promete lascar multa.
Pra acessar as ruas jornalista Rui Ademar Rodrigues, no bairro Nossa Senhora das Graças, e Onório Bortolato, no bairro Pedreiras, em Navegantes, os motoristas estavam parando em cima da BR-470 pra virarem à esquerda.
Em novembro, sabendo do problema e do perigo da manobra irregular, o DNIT colocou trevos provisórios pra evitar que os motoristas continuassem fazendo m.
Só que o comerciante Robson Diniz, 42, morador de Navegantes, passa diariamente pela rodovia e diz que o problema continua.
Ontem pela manhã, Robson flagrou novamente a cena. “Eles cortam a frente do pessoal e não tão nem aí, passam por cima do trevo”, conta.

PRF tá fiscalizando
O inspetor da PRF Adriano Fiamoncini já sabia do problema. “Alguns motoristas contornam o canteiro, fazem a manobra perigosa e acabam teimosamente fazendo a conversão. O ideal seria uma rótula, mas não convém fazer pra desmanchar em seis meses [que é o tempo previsto pro DNIT terminar a duplicação naquele trecho]”, explica.
O inspetor pede que os condutores se preocupem com a segurança e usem o retorno que tem a cerca de 1500 metros.
Fiamoncini garante que a PRF também tá fiscalizando os motoristas apressados, mas que não tem como deixar um policial o dia todo parado ali. Quem for pego fazendo a conversão em local proibido leva multa grave de R$ 195,23, além dos pontos na carteira.
O patrulheiro disse que esse problema vai ser resolvido com a duplicação daquele trecho da 470. O DNIT informou à PRF que a obra tá bem adiantada e o trecho deve ser inaugurado dentro de seis meses. mv/fm n

R$ 155 milhões para duplicação da BR-470

O secretário executivo do Ministério dos Transportes, Fernando Fortes, informou que estão assegurados R$ 155 milhões para a duplicação da BR-470 em 2018.
O valor é três vezes maior do que o anunciado inicialmente. O orçamento previsto era de R$ 45 milhões, mas aumentou pela pressão exercida pelas lideranças da associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (AMAVI) e os parlamentares catarineses.
Os recursos devem dar conta dos lotes 1 e 2, entre Navegantes e Gaspar, além de iniciar a obra junto aos trevos do Badenfurt e Mafisa – trechos de maior lentidão em Blumenau – cujos terrenos foram desapropriados em um mutirão de conciliação da Justiça Federal.

Mariana Reibnitz Vieira
Formada em Jornalismo pela Univali mariana@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta