Home Notícias Voz do Povo Moradores procuram por veterinário para ajudar cachorrinho

Moradores procuram por veterinário para ajudar cachorrinho


Os moradores de Bombinhas procuram por um veterinário que tenha arma de dardo tranquilizante. Eles precisam ajudar o Lobinho, um cachorrinho da praia do Mariscal que está há mais ou menos cinco meses com uma corda presa ao pescoço. A população e a prefeitura estão dispostos a pagar pelo equipamento para ajudar o bichinho.
Não se sabe ao certo se é um fio de náilon ou uma armadilha que o pessoal faz para pegar gambá. O fio é bem fino, de acordo com os moradores, e já ultrapassou a pele, a gordura e tá chegando na traqueia, o que compromete a respiração dele.
O tranquilizante ajudaria a chegar perto de Lobinho e tirar a rede que está machucando ele – chega a sair secreção e sangue do pescoço. O pessoal chegou a dar antibióticos na comida pra ajudar na cicatrização da ferida. Chegou a melhorar, mas cada vez que mexe a cabeça corta ele. O cachorro circula pela cidade e inúmeras pessoas já tentaram se aproximar dele e tentar tirar a rede, mas ele se esquiva. O pessoal já até o apelidou de Ninja, de tanto que ele foge.
Já foram feitas diversas tentativas de resgate tanto pela população quanto por uma adestradora, com o Grupo de Operações de Resgate (GOR) de Porto Belo e até com a Fundação de Amparo ao Meio Ambiente (Famab), mas sem sucesso.
Os moradores já tentaram tranquilizar Lobinho pela comida, mas como ele é grande o remédio não fez efeito e o pessoal tem medo de dar qualquer tranquilizante e fazer mal para ele. Já foi tentado pegar ele com tarrafa, arapuca, prender num terreno e nada deu certo.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com