Home Notícias Voz do Povo Marinha só tem vaga pra carteira náutica em fevereiro

Marinha só tem vaga pra carteira náutica em fevereiro

Dezembro e janeiro já estão com as 300 vagas disponibilizadas preenchidas

Quem pilotar sem habilitação pode ser multado

Os donos de barcos que pretendem navegar pelas praias da região durante a temporada de verão precisam ficar atentos com as exigências da Marinha do Brasil. De dezembro até fevereiro, a delegacia da capitania dos Portos faz a operação Verão.
O principal objetivo da fiscalização é prevenir acidentes náuticos provocados por pessoas sem habilitação. Quem ainda não tem a carteira de habilitação náutica vai ter que deixar o barco encostado. As vagas pra fazer a prova teórica já estão esgotadas em dezembro e janeiro.
A delegacia da Capitania dos Portos informou que a maioria dos interessados deixa pra se inscrever nessa época, geralmente depois da compra do barco.
A Marinha oferta 150 vagas mensais para a prova. Entre junho e agosto a procura foi mínima, mas com a chegada do verão todas as vagas foram preenchidas.
“A título de comparação, nos moldes do Detran, ninguém compra um carro e depois que quer tirar a carteira deixa de enfrentar o calendário estabelecido pelo órgão para se habilitar”, explicou a Marinha.
Com isso, tem que esperar mesmo. “A demanda é diluída ao longo do ano, para que todos possam se habilitar antes da chegada do verão, cabendo somente ao cidadão estabelecer o seu planejamento”, completa a nota oficial da delegacia.
A penalidade pra quem navega sem habilitação implica em multa que varia entre R$ 40 a R$ 2200. A embarcação também pode ser apreendida. JB/fm n

Comprou barco e não pode navegar

Jonas Campos foi um dos alvos das últimas abordagens de fiscalização da Marinha em Porto Belo. Jonas comprou um barco recentemente e ainda não tem a habilitação. Ele estava com o barco em terra, mas foi avisado pela Marinha que poderia acontecer a apreensão do barco se não apresentasse a habilitação.
Jonas conta que no dia seguinte foi até a delegacia da Capaitania pra dar entrada na habilitação. “Fiquei sabendo que só há vagas para fevereiro de 2018. Comprei um barco, mas não poderei usar neste verão porque não há vaga nas provas aplicadas pela Marinha”, reclama.
Jonas acredita que a Marinha não poderia exigir a carteira sem dar conta da demanda. A Marinha, no entanto, destaca que os interessados em se habilitar devem se atentar às exigências da lei antes de comprar uma embarcação.

Habitalitação fica pronta em 30 dias
Quem dirige barcos pra lazer tem a obrigatoriedade de ter a carteira de habilitação emitida pela Marinha.
As categorias para amadores variam entre arrais, motonauta, mestre e capitão-amador. A mais comum é a de arrais amador, que autoriza a condução de embarcações a vela ou motor em água doce – rios, represas, lagos – e águas marinhas de canais, baías e enseadas.
Os interessados devem se inscrever na Marinha, apresentando cópias de documentos pessoais. Também tem que pagar taxa de serviço e comprovar bom estado psicofísico.

Duas etapas
A habilitação envolve duas etapas: curso prático em escola náutica credenciada e prova teórica aplicada pela Marinha.
O candidato precisa apresentar atestado de treinamento com, no mínimo, seis horas de prática.O tempo pra retirar a habilitação depende do tempo do curso prático. Após as duas etapas, a carteira é entregue em no máximo 30 dias.
A última prova feita na delegacia foi na semana passada.

Feriado na Marinha de Itajaí

O armador A.M., 36 anos, reclama do atendimento na delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí. Ele conta que na manhã de ontem chegou ao local, no centro de Itajaí, e foi informado que não havia expediente porque o delegado fez uma homenagem ao Dia do Marinheiro.
A data é comemorada hoje, mas o delegado teria entecipado as felicitações para mais pessoas participarem da homenagem. “Ele fez a homenagem hoje [ontem] e cancelou o expediente, sem nenhum aviso prévio. Havia muitas pessoas esperando e quenão foram atendidas”, conta A.
Hoje, quarta-feira, é o Dia do Marinheiro e a delegacia de Itajaí também estará fechada para atendimentos.
O DIARINHO enviou e-mail à Marinha, mas não recebeu retorno até o fechamento desta edição.

João Batista
Formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Associação Educacional Luterana Bom Jesus/Ielusc, de Joinville (SC). E-mail: geral@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com