Home Notícias Voz do Povo Empresária corta o rosto em queda na calçada

Empresária corta o rosto em queda na calçada

Denise criticou a prefeitura pelo estado das calçadas; prefa diz que donos de imóveis são culpados

Vídeo nas redes sociais alertou pro mau estado das calçadas do centro

A empresária Denise Hess Souza, 60 anos, se machucou feio na manhã de terça-feira, ao tropeçar e cair de cara na calçada da rua Lauro Muller, bem no centro de Itajaí.
No local, perto da esquina com a rua Joinville, há um rebaixamento do passeio e um torrão de concreto de um antigo suporte de placa. Ao sair do salão do cabeleireiro, ela se desequilibrou, tropeçou e caiu.
Denise não conseguiu amortecer a queda com as mãos e bateu com a cabeça no chão. O sangue escorreu no piso. Ela acabou atendida na Unimed, onde fez curativos.
A queda chamou a atenção para as péssimas condições das calçadas. Denise fez um vídeo no Instagram criticando a prefeitura de Itajaí.
O trecho onde ocorreu a queda tem piso padronizado e guia para cegos. No entanto, nos imóveis vizinhos, as calçadas têm desníveis, emendas e buracos que atrapalham os pedestres.
Num dos pontos, os pedestres têm que passar entre um muro e o poste, cuja largura não permite a passagem de uma cadeira de rodas ou carrinho de bebê, por exemplo.

Armadilhas
Um lojista disse que chegou a colocar concreto por conta própria entres as calçadas, improvisando uma rampa pra evitar quedas.
Em nota, a secretaria de Urbanismo informou que o dono do imóvel é o responsável por deixar a calçada em perfeito estado de conservação.
O descumprimento pode gerar notificação e multa. A prefa ressalta que a fiscalização das calçadas ocorre a partir de denúncias, que podem ser feitas na secretaria de Urbanismo ou pelo serviço de Ouvidoria.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com