Home Notícias Voz do Povo Demora no atendimento irrita usuários da Unimed

Demora no atendimento irrita usuários da Unimed

Mãe de menina conta que desistiu da consulta após quatro horas de espera

O longo tempo de espera na fila dos hospitais não é uma situação comum apenas em unidades públicas. Os usuários do hospital da Unimed têm sofrido com a demora no atendimento, principalmente no período da noite.
Cansada de esperar, a mãe de uma criança de um ano conta que preferiu voltar para casa. “Era noite e eu já estava há quatro horas no hospital da Unimed de Balneário Camboriú. Minha menina estava gripada, tinha febre, tosse e muito catarro no pulmão”, narra a educadora física Graziela Gazaniga, 32 anos.
A situação aconteceu no final de maio. Graziela voltou na tarde seguinte e esperou bem menos tempo pra ser atendida.
Segundo ela, a Unimed tem apenas dois médicos à noite, quando a demanda por atendimento é muito maior. “Esse é o único horário disponível para os pais. É quando eles pegam as crianças na escola e, muitas vezes, levam direto pro hospital. Aí lota”, observa.

Não foi a primeira vez
Essa não foi a primeira bronca de Gabriela com o hospital. Ainda no mês de maio, ela já tinha levado a menina por conta de febre alta e teve que esperar por quase duas horas na fila.
No Dia das Mães, o DIARINHO tinha denunciado a demora para atendimento no pronto-atendimento da Unimed. No domingo festivo, uma mãe chegou por volta das 17h com a filha de 13 anos com uma crise forte de bronquite. Quando o relógio bateu 20h, ela resolveu largar tudo e ir embora, indignada com a demora.
Em nota, a Unimed Litoral lamentou a demora no atendimento. O hospital reforçou que trabalha com o sistema de Classificação de Risco e dá prioridade aos casos mais graves, de urgência e emergência. “Em virtude dessa classificação alguns clientes podem acabar esperando um tempo maior em relação aos demais por conta da gravidade da situação”, disse. jp/fm n

franciele
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta