Home Notícias Voz do Povo Casal desmente denúncia de “golpe em bingo”

Casal desmente denúncia de “golpe em bingo”

“Estou até agora tentando entender o que aconteceu”. A fala embargada e o sentimento de injustiça, vem sendo a companheira da aposentada Maria Aparecida, de 59 anos, moradora de Camboriú.

Ela e o marido, Sérgio, desmentem as acusações postas no perfil do Facebook EduAna Jacks, de que estariam ficando com doações de um bingo beneficente para ajudar nos custos do tratamento de Ana Paula Brandão, moradora de Camboriú.

O desentendimento começou há aproximadamente 15 dias, quando Maria e o marido se ofereceram para buscar os brindes para o bingo. “Fizemos algumas coletas e tudo estava bem, até que em um sábado recolhemos os materiais e para não ficar indo e vindo, decidimos levar na segunda-feira”.

Assim que chegaram na casa da Ana, começaram as acusações. “Ele trancou o Sérgio dentro de casa e começou as ofensas, afirmando que estávamos ficando com os brindes”, disse. “Depois da discussão ele ainda ameaçou de que iria chamar a polícia. Desde o começo sempre tentamos ajudar”, lamenta Maria.

Poucos dias depois a polícia foi até o emprego de Sérgio, o que deixou todos indignados. “Várias pessoas que nos conhecem da igreja, ficaram surpreendidas, conhecem nossa índole”.

Depois de toda a humilhação, Maria fez um boletim de ocorrência por calúnia e irá procurar seus direitos. “Não quero o mal de Ana, mas ser acusada de golpista foi demais”.

O valor arrecadado no bingo será para ajudar na cirurgia para substituir o neuroestimulador de Ana, e acontece no dia 9 de agosto, às 19h, na igreja Nossa Senhora da Glória, na rua Servidão Ida Casagrande de Aguiar, sem número, no bairro Cedro, em Camboriú. Os custos com a operação são de R$ 10 mil.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com