Home Notícias Voz do Povo Aluno diz que autoescola enrola para ensinar a dirigir; empresa rebate

Aluno diz que autoescola enrola para ensinar a dirigir; empresa rebate

A tão sonhada carteira nacional de habilitação está se tornando um pesadelo para uma mulher, que decidiu procurar a Autoescola Brava, que fica na avenida Irineu Bornhausen, a Caninana, em Itajaí.

Robson Elias, que é motorista de aplicativo, genro da reclamante, procurou o DIARINHO para contar o que considera um descaso. “Ela pagou a CNH à vista, passou no exame escrito e teria direito a 25 aulas, cinco por semana, mas mal faz três.” Ele afirma que a autoescola incentivou a mulher a pagar mais aulas.

Tanto ele quanto a sogra, já cobraram a autoescola, mas eles sempre tem as mesmas desculpas. “Uma hora não tem carro, outra o instrutor não está, como ela vai pegar prática assim?”, questiona. “Muitas vezes ela só é avisada quando está na recepção da autoescola”. Robson também acha errado que nas poucas aulas que sua sogra tem, a instrutora fica mexendo no celular e não presta atenção na aluna. “O exemplo deveria partir deles”.

Autoescola fala que está tudo certo

Fabrício Moreira, sócio-proprietário da autoescola Brava, diz que toda a segunda-feira é dia de exames e por isso só sobram quatro dias para as aulas práticas. “Nesses quatro dias, a gente trabalha com veículos e podem acontecer imprevistos. Se não tiver uma aula no dia previsto, vai ser resposto”, explica. Fabrício diz que a autoescola atende os prazos dos alunos e aulas podem ser respostas quando necessárias.
Ele afirma que todos os alunos estão cumprindo os cronogramas de aulas.”Não tenho nenhum aluno atrasado no emu CFC, pode ir lá e eu tiro no sistema, hoje é tudo online. Tiro o relatório de aulas que foram dadas”, explica.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com