Home Notícias Variedades Itajaí recebe performance sobre sobrevivência da comunidade negra e preconceito racial

Itajaí recebe performance sobre sobrevivência da comunidade negra e preconceito racial

“Preta-à-Porter” terá apresentações gratuitas na Casa da Cultura de Itajaí

Neste sábado (4) a Plasticine Produções Artísticas e Culturais traz à Casa da Cultura Dide Brandão de Itajaí (SC) a performance “Preta-à-Porter”, do Coletivo NEGA – Negras Experimentações Grupo de Artes de Florianópolis. A apresentação terá duas sessões, às 18h e às 21h.

A performance parte de histórias e de conflitos enfrentados na vida cotidiana da população negra. Todas as histórias são trazidas da vida pessoal de cada artista que participa ou já participou do coletivo e expõe com maior destaque a vivência das mulheres negras, especialmente as que integram o grupo atualmente.

“Preta-à-Porter” nasceu há cinco anos e é modificada de acordo com a formação do elenco. Mais de 20 atores já passaram pelo espetáculo, cada um deixando alguma contribuição em cena. As cenas, assim como as atrizes que permanecem no grupo, modificam-se sempre que necessário, de acordo com as inquietações e demandas poéticas e políticas. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados no mínimo 1 hora antes da apresentação.

Sobre o Coletivo NEGA

O Programa NEGA – Negras Experimentações Grupo de Artes foi criado em 2011 pelo Departamento de Artes Cênicas e Direção de Extensão do Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Esse programa de Extensão dá suporte aos trabalhos de formação, criação e apresentação do Coletivo NEGA, um grupo de artistas afro-descendentes cuja prática teatral contemporânea se fundamenta em expressões e manifestações culturais de origem africana.

O coletivo recebe formação permanente em interpretação teatral, danças populares e de origem africana e percussão afro-brasileira e latina. A partir dessa formação, cria e apresenta performances e espetáculos.

Serviço:

O que: Apresentação da performance “Preta-à-porter”, do Coletivo Nega (Florianópolis/SC)
Onde: Casa da Cultura Dide Brandão (Itajaí)
Horário: 18h e 21h (duas sessões)
Indicação etária: 10 anos
Produção executiva: Plasticine Produções Artísticas e Culturais (Camboriú/SC)
Entrada gratuita.

, , ,
Elaine Mafra
Jornalista formada pela Univali em 2006. elaine@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com