Home Notícias Variedades Exposição vai refletir sobre a memória e a violência

Exposição vai refletir sobre a memória e a violência

Exposição vai refletir sobre a memória e a violência. Foto: Divulgação

Uma exposição no espaço Multiuso da Univali, anexo à reitoria da universidade, promete muita reflexão ao público visitante. O artista Antonio Vargas, com a “Fragmentos”, brinca com formas, cores e cenas em imagens sedutoras que atraem o olhar e contêm mensagens subliminares da violência.

Nos quatro conjuntos de obras do autor, ele mostra como o ser humano é induzido a aceitar a violência desde a infância, como parte do seu cotidiano, camuflando-a com uma película de beleza. A mostra abre pra visitação dia 5 de novembro, às 17h30.

Na produção das obras a emoção traduz um sentimento expressionista, os retratos das tias e tios – familiares de infância – são evidenciados com pinceladas gestuais fortes. Na primeira série de retratos o artista dá ênfase a figuras que remetem a sua memória afetiva, quando menino, ao frequentar a casa desses familiares.

Suas obras não só materializam essas pessoas, mas também consistem em uma maneira de recordar os cheiros, cores, estilos e comportamentos desse lugar do passado.

“A importância do brincar, por meio do lúdico pode ajudar na construção do ser, mas na nossa cultura pode ser direcionada para um campo onde o menino deve aprender a ser dominador com violência. Além disso, o menino deverá ser um conquistador, um guerreiro e um herói, mesmo que isso lhe traga muitas dores”, comenta o artista.

A terceira série apresenta algumas obras de recortes, pinturas sobre MDF, um processo em que o artista cria as imagens, composições em uma lâmina retangular que depois é recortada e refeita com fragmentos de sobras e não de imagens principais.

O quarto grupo de obras reúne paisagens contemporâneas, que mesclam fotografias de paisagens com cenas de terrorismo e conflitos políticos. Neste conjunto, as imagens reais de violência são apropriadas da internet, recortadas e seus fragmentos elaborados em “papéis de parede digitais”, que depois são “rasgados” e inseridos em imagens de paisagens, numa metáfora da vida atual.

A exposição segue aberta à visitação até o dia 12 de dezembro, com entrada gratuita. As escolas e demais grupos interessados em agendar visita monitorada devem entrar em contato pelo e-mail galeriadearte@univali.br.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com