Home Notícias Política Periquito é condenado a pagar multa por propaganda eleitoral antecipada

Periquito é condenado a pagar multa por propaganda eleitoral antecipada

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina condenou o candidato a prefeito de Balneário Camboriú, Edson Renato Dias (MDB), o Periquito, ao pagamento de multa de R$ 5 mil por propaganda eleitoral antecipada.
O candidato recorreu da decisão, mas o recurso foi negado pelo juiz Jaime Pedro Bunn e acompanhado por unanimidade pelos outros membros do TRE.
Eles mantiveram a decisão do juiz eleitoral Cláudio Barbosa Fontes Filho, da 103ª Zona Eleitoral, que julgou procedente a representação movida pelo diretório municipal do partido Podemos.
Periquito vai ter que pagar uma multa de R$ 5 mil, por ter feito propaganda eleitoral antecipada no Facebook. “A divulgação de qualidades pessoais com pedido explícito de voto durante o notório período de ‘pré-campanha’ eleitoral ao cargo de prefeito Municipal nas eleições de 2020, ainda que mediante o subterfúgio de vinculação à campanha eleitoral anterior, só pode ter tido o objetivo de pedir voto para essa disputa eleitoral de 2020 porque os destinatários da mensagem não teriam agora como votar nas eleições de 2018…”, aponta a sentença do juiz Cláudio Filho.
O juiz relator Jaime Pedro Bunn concordou com os argumentos do juiz Cláudio. “É público e notório o seu entusiasmo em lançar-se candidato à prefeitura, não é dado ler o texto sem associá-lo à corrida eleitoral que se avizinha”, opinou o relator.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com