Home Notícias Política MP entra com ação contra o MDB de Balneário por desrespeitar as regras sanitárias da covid

MP entra com ação contra o MDB de Balneário por desrespeitar as regras sanitárias da covid

O promotor Álvaro Pereira Oliveira Melo, do Ministério Público de Balneário Camboriú, pediu à justiça a condenação do candidato a prefeito Edison Periquito (MDB) e do presidente Municipal do MDB, João Koeddermann, por desrespeito às normas sanitárias de combate à pandemia de covid-19, durante a convenção do partido no dia 12 de setembro.
O promotor recebeu cópia do termo circunstanciado lavrado pela desobediência às normas sanitárias, aplicado no dia da convenção, além de fotos e vídeos do evento político que mostram cenas de aglomeração. Na convenção, que aconteceu na rua José Cesário Pereira, no bairro Nova Esperança, Periquito e outros membros do partido aparecem sem o uso de máscaras, abraçados e com bastante aglomeração.
“Foi anunciada a realização da convenção no modelo drive in, mas foi promovida aglomeração de pessoas no espaço destinado à apresentação e no espaço próximo aos veículos, sem qualquer tipo de distanciamento e, inclusive, com diversas pessoas sem máscara”, constatou o promotor, que alegou que era possível ver o contato físico do então pré-candidato com diversos participantes da convenção.
O MP pediu uma audiência preliminar pra fazer uma transação penal. O promotor pede o pagamento de multa de cinco salários mínimos, mediante a aquisição de cestas básicas, com produtos de higiene, pra serem entregues no centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Balneário, para ajudar os atingidos pela pandemia da covid-19.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com