Home Notícias Política Deputado catarinense está sendo acusado de racismo por funcionário

Deputado catarinense está sendo acusado de racismo por funcionário

O deputado estadual, Ivan Naatz, do PV, está sendo acusado de racismo por um dos servidores comissionados da assembleia Legislativa. O caso aconteceu no dia 8 de maio, no gabinete do deputado, durante a visita do também deputado Sargento Lima, do PSL.

Segundo o boletim de ocorrência registrado na polícia Civil, Naatz, apresentando ao colega de parlamento os funcionários do gabinete, no momento que foi apresentar a vítima, teria dito “Você sabe porque este preto trabalha no meu gabinete? Porque se der merda a culpa é dele”. Neste momento todos começaram a rir, e o assessor ficou constrangido. Ele só voltou ao expediente no dia 10.

Indignado com a situação, a vítima F. A.L.D.P., de 25 anos, foi procurar o chefe de gabinete, que teria dito para ele “engolir” a história e seguir em frente.

Servidor está em tratamento psicológico

Depois do ocorrido F., se afastou porque está abalado emocionalmente. Ele também está fazendo sessões de terapia com um psicólogo.

O advogado Diógenes Fonseca confirmou que o cliente entrará com um pedido de indenização. “Entraremos com uma ação indenizatória contra o estado, pois naquele momento o deputado atuou e agiu como agente público”, explica.

Para Diógenes, os sentimentos são uma mistura de impotência e indignação. “Não se tratava apenas de um ambiente de trabalho, tratava-se para ele um ambiente de transformação social. Ele pretendia ajudar muitas pessoas, nunca podia imaginar que seria violentamente desrespeitado, ainda mais pela pessoa que em tese deveria defendê-lo e toda sua classe”.

Deputado se defende

Pelas redes sociais Ivan Naatz se diz surpreendido pelo que aconteceu, e classifica o servidor como “brilhante”. Ele ainda ressalta que sempre teve “um enorme carinho e respeito assim como tenho por toda a equipe que me ajuda”.

E completa: “É importante ressaltar que todos são livres para buscar seus direitos, mas dentro dos limites legais. Em tempos de Fake News e linchamentos virtuais, a quem queira atenção a todo custo, e com apoio de setores ainda atrasados da nossa sociedade. Mais do que surpreso estou decepcionado, mas com a consciência tranquila porque a verdade sempre triunfa.”

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com