Home Notícias Polícia Três presos em operação do Gaeco que investiga servidores públicos por estelionato e falsidade ideológica

Três presos em operação do Gaeco que investiga servidores públicos por estelionato e falsidade ideológica

Na manhã de terça-feira,  o  grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) deflagrou a operação ”Fantasma”. Foram cumpridos  três mandados de prisão temporária e quatro de busca e apreensão nos municípios de Lages, Porto Belo, Camboriú e Balneário Camboriú. Também foram expedidos, mais não cumpridos ainda, 16  mandados de prisão temporária  contra quem se beneficiava do esquema criminoso.

A 5ª Promotoria de Justiça da Comarca de Lages e o GAECO investigam supostos crimes de estelionato, falsidade ideológica, falsidade documental e associação criminosa. Segundo a apuração, há o envolvimento de pelo menos um funcionário público e, no mínimo, outros dois indivíduos, os quais basicamente estariam sistematicamente se valendo de certidões de nascimento de terceiros para, de forma fraudulenta, possibilitar que mais de uma dezena de pessoas pudessem assumir novas identidades, com o objetivo de esconder crimes cometidos no passado.

Os criminosos conseguiam novas carteiras de identidades, usando certidões de nascimento de pessoas falecidas, excluindo a informação do óbito e que não possuíam carteira de identidade expedida em Santa Catarina.

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com