Home Notícias Polícia Traficante é morto; polícia desbarata quadrilha que entregava drogas com servidor e carro da prefa

Traficante é morto; polícia desbarata quadrilha que entregava drogas com servidor e carro da prefa

Uma operação policial em Itapema desmascarou um esquema montado por um funcionário público efetivo, que trabalhava como motorista na secretaria municipal da Saúde de Itapema, para entregar drogas na região. Ele chegou a usar o carro da prefeitura para a entrega de drogas. No flagra da polícia Militar, um comparsa do servidor, que estava foragido da justiça, reagiu à prisão, atirou contra os policiais e foi morto pela PM.
O esquema do servidor público começou a dar na vista no dia 29 de maio, quando um traficante foi preso com 30 quilos de maconha em Itajaí. Com a prisão, a PM teve informação de que a droga chegou na casa do traficante trazida por um servidor público, usando o carro da prefeitura de Itapema.
A investigação começou a monitorar e identificou o funcionário público. Na última quinta-feira, a PM flagrou duas mulheres ligadas ao funcionário público indo até uma clínica de fisioterapia na avenida Nereu Ramos, na Meia Praia, e saindo de lá com sacos pesados.
Elas pegaram o funcionário público em casa e seguiram pra Itajaí. Na rua Anastácio José Paulo, no bairro Fazenda, conhecido ponto de tráfico, o grupo se reuniu. O dono da casa era traficante conhecido da PM.
Os policiais fizeram a abordagem no momento em que o funcionário público descarregava duas caixas do carro, com 30 quilos de maconha. O dono da casa carregava no bolso R$ 2342 em dinheiro.
O servidor e as duas mulheres confirmaram que estavam entregando drogas a mando de um traficante de Itapema, que está foragido da justiça. Os PMs foram até o apê do cara, na rua 135, em Itapema. Ele reagiu à prisão, atirou contra os policiais e foi morto.
A PM ainda foi na clínica de fisioterapia onde localizaram mais 21 quilos de maconha. Nos fundos da casa do funcionário público, a polícia encontrou mais dois torrões de maconha, pesando 1,3 kg e uma sacola plástica com R$ 272 mil em dinheiro. A grana era do traficante morto no apartamento.
No apê do traficante, a PM ainda apreendeu o caderno com anotações do tráfico, que mostravam a movimentação.
As duas mulheres, o servidor público e o dono da clínica foram levados pra delegacia de Itapema. O IML recolheu o corpo do traficante. Ao todo foram apreendidos 53 quilos de maconha nos quatro locais onde aconteceu as batidas na quinta-feira.
A prefeitura de Itapema informou que ainda não foi comunicada oficialmente sobre a prisão do servidor. Assim que for notificada, a prefeitura vai instaurar processo administrativo. O servidor não estava usando o carro da prefeitura no momento da prisão.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com