Home Notícias Polícia Receita Federal destrói 112 mil aparelhos de TV a cabo pirata

Receita Federal destrói 112 mil aparelhos de TV a cabo pirata

O 23º Mutirão Nacional de Destruição de Mercadorias Apreendidas feito pela Receita Federal na quarta-feira destruiu 112 mil decodificadores piratas de TV paga que foram apreendidos na fronteira do Brasil com Paraguai, em Foz do Iguaçu, no Paraná.

A ação teve apoio da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA). Ela fez um estudo onde mostra que a pirataria de TV por assinatura prejudica R$ 9 bilhões por ano no Brasil, sendo que R$ 1,2 bilhão são impostos que deixam de ser arrecadados pelos governos.

O furto de sinais de TV por assinatura também é um problema, porque ameaça a profissão de milhares de pessoas que trabalha neste setor. Segundo  o setor Combate à Pirataria da Agência Nacional do Cinema (Ancine), cerca de 150 mil empregos deixam de ser gerados com a pirataria audiovisual.

Luiz Bernardi, superintendente regional da Receita Federal no Paraná e em Santa Catarina, diz que o mutirão nacional destruiu 3,2 mil toneladas de produtos ilegais e que este mercado chega, no geral, a R$ 190 bilhões ao ano.

Pro gerente de fiscalização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Carlos Roberto Lourenzatto, há riscos em usar essas caixas piratas de TV por assinatura, já que os equipamentos não passam por testes de validação. “O barato pode sair bem caro”, afirma.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com