Home Notícias Polícia R$ 7 milhões em cigarros fajutos

R$ 7 milhões em cigarros fajutos

Cigarritos seriam distribuídos em todo o litoral catarinense por contrabandistas

Cerca de três mil caixas foram apreendidas

Cerca de três mil caixas com cigarros contrabandeados do Paraguai, avaliados em R$ 7 milhões, foram apreendidas pela polícia Rodoviária Federal na tarde de sábado, em um depósito no bairro Barreiros, em São José.
O local funcionava como um grande centro de distribuição e abastecia todo o litoral de Santa Catarina. Cinco contrabandistas foram presos e duas carretas roubadas foram apreendidas.
A contagem final das mercadorias deve acontecer hoje no depósito da Receita Federal, em São José, para onde os cigarros foram levados.
Os produtos, que representam a maior apreensão da história da PRF em SC, serão destruídos. Os patrulheiros estimam que as caixas somem cerca de um milhão e meio de maços de cigarros. A quantia dá para encher três carretas.
A PRF descobriu o armazém graças a uma fiscalização de rotina no posto da BR-101, em Biguaçu. Os agentes fiscalizavam uma carreta vazia, quando descobriram que o documento do veículo era falso e a carreta era roubada.
Com o condutor, foram encontrados R$ 12 mil em dinheiro. Perguntado sobre a origem da grana, ele confessou que tinha descarregado cigarros contrabandeados em São José.
A PRF foi até o endereço e flagrou quatros homens fazendo o baldeamento da carga. Com o grupo, cerca de R$ 10 mil em dinheiro, fruto do contrabando, também foi apreendido. Os caras disseram pros policiais que o depósito estava alugado há três meses e servia como centro de distribuição.
Os cinco envolvidos foram detidos em flagrante e levadosà polícia Federal de Florianópolis. Eles vão responder por contrabando e receptação. Com a apreensão histórica, a PRF em Santa Catarina contabilizou três milhões e meio de maços de cigarros apreendidos só este ano.

Compartilhe: