Home Notícias Polícia Polícia termina investigação das mortes de sergipanos em Itajaí; um suspeito ainda está foragido

Polícia termina investigação das mortes de sergipanos em Itajaí; um suspeito ainda está foragido

Polícia termina investigação das mortes de sergipanos em Itajaí; um suspeito ainda está foragido. Foto: Divulgação

A polícia Civil de Itajaí encerrou as investigações que apuravam os homicídios praticados entre o grupo de sergipanos que moravam em Itajaí. Todos os casos foram resolvidos. Nove homens estão envolvidos nos assassinatos, seis estão presos, dois foram mortos pelo próprio grupo e Jacksson Rodrigo dos Santos está foragido. Todos são naturais de Sergipe.

O primeiro assassinato foi de Cleverton Cabral do Santos, em 14 de maio de 2017. Ele foi morto a tiros pelos irmãos W.R.S. e M.R.S., o segundo sendo o autor dos disparos. Em 7 de março de 2018, Ericson José dos Santos foi morto, também, a tiros. G.S.W.S foi quem matou com arma emprestada pelos irmãos.

Em 13 de agosto de 2018, o suspeito de ter matado Cleverson, M.R.S., foi morto a tiros quando estava a caminho do trabalho, no bairro Cordeiros, em Itajaí. A polícia identificou os autores da morte de M. como J.J.S. e M.N.S.

O irmão de M.R.S, W.R.S e J.L.S mataram M.N.S sem qualquer chance de defesa por parte da vítima. Isso em 26 de agosto de 2018.

Em novembro do mesmo ano, tentaram matar J.T.S.C. Em 8 de março de 2019, ele mata D.R.S.S e joga o corpo no rio.

Dois dias depois, L.G.S é morto a tiros. No mesmo dia também tentam matar F.A.C.J e J.C.S. A polícia identifica os autores: W.R.S., J.L.S. e Jacson Rodrigo dos Santos.

Ao logo de aproximadamente dois anos de investigações, foi possível identificar todos os autores dos crimes.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com