Home Notícias Polícia Modelo denuncia que teve gasolina furtada

Modelo denuncia que teve gasolina furtada

Prefeito Fabrício Oliveira cobra explicações do responsável pela concessão

Modelo recebeu o carro zerado de gasolina

modelo Patrícia Trentim, 31 anos, teve o carro apreendido na avenida Martin Luther, em Balneário Camboriú, no domingo. O veículo ficou menos de um dia no pátio de veículos apreendidos, mas foi o suficiente, segundo ela, para ter a gasolina furtada.

Patrícia conta que esqueceu de pagar o IPVA do Jeep Renegade e teve o carro apreendido no pela guarda Municipal.

O guincho levou o carro para o pátio Consulcon, na rua Guarapari, no bairro Monte Alegre.

Patrícia pagou todas as taxas e no começo da tarde de segunda-feira buscou o carro no pátio. Pra sua surpresa, o Jeep, que tinha deixado com um terço do tanque de gasolina, estava na reserva. “Estava seco. Queria falar com o responsável pelo pátio, mas ninguém apareceu”, conta.

Ela saiu com o carro temendo ficar sem gasolina. Chegou em um posto de combustível e o atendente confirmou que era possível furtar o combustível. “O atendente comentou que vários motoristas reclamam deste pátio. Se fizeram isso comigo, fazem com todo mundo,” acredita.

Patrícia registrou o boletim de ocorrência na polícia Civil e fez o alerta à imprensa para os motoristas ficarem ligados ao deixarem os carros em pátios de veículos apreendidos.

Fábio Osório, delegado Regional de Balneário, diz que a denúncia sobre o furto de gasolina não tinha sido registrada ainda. Ele orienta as pessoas a denunciarem o caso na polícia Civil, através do 181, e também a registrar o crime na delegacia virtual.

Anderson, responsável pelo local, afirmou que Patrícia esteve no pátio pra fazer a liberação do carro às 13h. “Neste horário estava apenas o atendente e o porteiro. O atendente informou que o responsável chegaria às 14h e ela foi embora”, explica.

Anderson diz que nunca recebeu reclamação de furto no pátio, mas que está apurando. “Os porteiros estão na empresa há vários anos e nunca tive reclamação. Já liberamos milhares de veículos e reclamações desta natureza (de furto de combustível) não existem”, afirma.

Prefeito quer explicações

O prefeito Fabricio Oliveira (Podemos) ficou sabendo da denúncia depois da publicação no site do DIARINHO e cobrou explicações dos responsáveis.

O diretor da Autarquia de Trânsito, Ricieri Ribas Moraes, já solicitou explicações à empresa responsável pelo serviço no município.
Ricieri explica que todas as apreensões são acompanhadas de uma ficha preenchida pelo guarda com o consentimento do motorista, onde constam os dados dos veículos, como quantidade de combiustível no tanque, avarias e outras condições. “Essa ficha é entregue ao responsável pelo pátio, no ato do depósito do veículo. Fica sob a responsabilidade da empresa entregar ao proprietário da mesma forma que recebeu”, explicou.

O prefeito Fabricio Oliveira destacou que as explicações devem ser encaminhadas à controladoria do município e aos órgãos competentes. “Embora a responsabilidade seja do pátio, não vamos ficar olhando para essa situação sem interferir. Queremos uma apuração minunciosa da denúncia”, disse o prefeito.

 
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com