Home Notícias Polícia Líder do crime organizado e mais 22 são condenados a 140 anos de prisão

Líder do crime organizado e mais 22 são condenados a 140 anos de prisão

Uma liderança feminina de uma facção criminosa de Itapema e mais 23 integrantes foram condenados a uma soma total de 140 anos de prisão em regime fechado pela justiça de Santa Catarina. Entre os crimes estão organização criminosa, tráfico de drogas, associação ao tráfico e corrupção de menores. A decisão da foi da comarca de Brusque, na última terça-feira.

Dos 25 indiciados e denunciados na operação Realeza, da polícia Civil, apenas dois homens foram absolvidos. A maior sentença foi a de sete anos e quatro meses e a menor de cinco anos e quatro meses.

Em abril de 2017, um homem preso por estelionato, ligado à facção criminosa, teve o telefone celular apreendido. As conversas identificaram parte do esquema criminoso. Por meio disso veio a operação Opus, que resultou na prisão de vários integrantes da facção.

Com o enfraquecimento do grupo criminoso, novos personagens começaram a surgir e foram identificados com a apreensão de bilhetes, cartas e do livro da contabilidade do grupo.

Das 25 pessoas identificadas, 18 são homens e sete mulheres. Os dois absolvidos são homens. Entre os condenados estão pais e filhos, maridos e esposas, ex-companheiros e vários vizinhos de um condomínio popular. Os materiais apreendidos demonstram a organização e a divisão de tarefas da organização.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com