Home Notícias Polícia Justiça decreta prisão preventiva de motorista que matou sushiwoman

Justiça decreta prisão preventiva de motorista que matou sushiwoman

Kelly foi atropelada quando voltava do trabalho, em abril, na Marginal da BR-101

O tribunal de Justiça de Santa Catarina decidiu na tarde de ontem por maioria dos votos decretar a prisão preventiva de Arival Júnior Pioli, 21 anos, acusado de dirigir bêbado e matar atro­pelada a sushiwoman Kelly Cristina Luiz, 33, na madru­gada do dia 1º de abril, na marginal da BR-101, em Ita­pema.

Ela voltava de biz do traba­lho no Hon Sushi & Bistrô, em Bombinhas, e seguia pra casa quando na altura do KM 152, o estudante universitário pas­sou por cima com sua Merce­des Benz A 250 e arrastou o corpo dela por 60 metros, só parando por uma falha mecâ­nica do carro. O acusado pa­gou 20 salários mínimos de fiança, cerca de R$ 19 mil, e foi liberado na hora.

O Ministério Público en­trou com pedido de prisão preventiva do motorista, o que foi negado em primeira instância. O juiz achou su­ficiente a suspensão do di­reito de dirigir, recolhimen­to noturno, proibição de sair de casa nos fins de semana e aumento da fiança para R$ 143 mil.

Então, o MP recorreu. No recurso, a promotora Ariane Bulla Jaquier defendeu que o caso era de homicídio doloso e, portanto, inafiançável. No julgamento da tarde de on­tem, apenas um desembar­gador votou contra o pedido.

Com a decisão, será ex­pedido mandado de prisão contra o jovem que pode fi­car preso até o julgamento do caso pela justiça.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com