Home Notícias Polícia Gaeco bate na prefeitura, na casa do prefeito e na empresa de lixo de Bombinhas

Gaeco bate na prefeitura, na casa do prefeito e na empresa de lixo de Bombinhas

Os policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) bateram em seis cidades na manhã de ontem para desvendar um esquema de corrupção na coleta do lixo descoberto na operação Reciclagem.

Na região, teve mandado de busca e apreensão cumpridos na prefeitura de Bombinhas, na casa do prefeito Paulo Henrique Dalago Muller, o Paulinho, e na sede da empresa Say Muller, que faz a coleta de lixo em Bombinhas, mas tem sede em Gaspar.

Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão e quatro ordens para ter acesso imediato a documentos públicos.

Todas as ordens foram expedidas pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina a pedido da subprocuradoria-Geral para Assuntos Jurídicos.

A investigação indica que empresas pagavam propina pra servidores públicos pra se beneficiar em contratos e licitações. Além de Bombinhas e Gaspar, a operação aconteceu em Rio do Sul, Timbó, Ituporanga e Lontras.

As suspeitas são de crimes de concussão, corrupção ativa e passiva, tráfico de influências, advocacia administrativa, prevaricação, entre outros.

A prefeitura de Bombinhas e o prefeito Paulinho não se pronunciaram sobre a operação. 

Uma das ordens da justiça foi cumprida na casa do Paulinho

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com