Home Notícias Polícia Canil da PF é desativado

Canil da PF é desativado

Dois cães foram doados: um pra PM de Balneário e outro pra PF de Sampa

Custo da manutenção pesou, explicou o delegado

O delegado Oscar Biffi, chefe da delegacia de polícia Federal de Itajaí, desativou o tradicional canil da PF local.
Um animal foi transferido para o canil da PF, em São Paulo, e o outro foi doado para o batalhão da polícia Militar de Balneário Camboriú.
O fechamento do canil aconteceu na semana passada. Segundo o delegado, a desativação foi motivada pelo alto custo de manutenção e o pouco uso dos animais, além da necessidade de deslocamento de policiais para cuidar dos animais.
O canil contava com um médico veterinário terceirizado, um tratador e um policial federal à disposição dos dois animais.
“O motivo foi a falta de pessoal e o uso que não era tão intenso. Foi melhor fechar”, explicou o delegado.
Biffi garante que a cidade e a região não ficarão desassistidas do serviço porque outras forças de segurança, como a polícia Militar e a Civil, contam com seus canis.

Bruna foi pra PM
Bruna, uma fêmea da raça pastor alemão, de pelagem cinza, com quatro anos de idade, foi doada pra PM de Balneário Camboriú. Na semana passada, ela passou a integrar o canil do 12º batalhão.
Com a doação, o serviço K9 da PM soma seis cães policiais. Os animais são treinados para ajudar no combate ao crime, principalmente contra o tráfico de drogas.
Em Itajaí, a PM conta com outros três cães, todos pastores belgas de malinois.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com