Home Notícias Polícia Bando que matou bandido em máquina de lavar vai a juri

Bando que matou bandido em máquina de lavar vai a juri

O Tribunal de Justiça mandou 11 bandidos do PGC para o júri popular pra responderem por tortura, sequestro e assassinato. Um bandido acusado de ter denunciado os colegas bandidos acabou torturado e executado dentro de uma máquina de lavar roupas.
Segundo a denúncia, os acusados fazem parte do chamado “Tribunal do Crime”, espécie de justiçamento responsável por julgar companheiros que desobedecem às regras do PGC.
Eles bolaram a vingança, segundo o Ministério Público, após tomarem conhecimento de que um homem teria delatado o companheiro após ser preso na região.
No dia 18 de janeiro de 2018, Marcelo Willian dos Santos, 19 anos, foi atraído pelo grupo para participar de uma partida de futebol, mas acabou sequestrado e levado pra uma casa abandonada.
Neste local é que teria ocorrido o “julgamento” da vítima. Antes, ele foi torturado até confessar a traição. Na sequência, foi obrigado a entrar na carcaça de uma máquina de lavar roupa, onde acabou executado.
Parte da sessão foi filmada para ser enviada aos demais presos do bandoa, como forma intimidação e ameaça. O transmissor da mensagem entrou em confronto com a polícia Militar e foi morto. Em seu celular foram encontradas as cenas da barbaridade.
Quatro réus entraram com recurso alegando que não faziam parte do PGC. egou o recurso e manteve o julgamento. A data do júri ainda não foi divulgada. O caso corre em segredo de justiça.

franciele
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com