Home Notícias Polícia Assassino de travesti tá sendo julgado hoje

Assassino de travesti tá sendo julgado hoje

O rapaz chegou a confessar o crime, mas alegou que agiu em legítima defesa. Segundo ele, Jenifer teria tentado penetrá-lo durante o programa sexual

O caminhoneiro Everton Ricardo da Rosa, de 23 anos, sentou no banco dos réus na tarde desta quarta-feira (17). O julgamento começou às 13h30 e tá rolando no fórum de Balneário Camboriú. Everton é acusado da morte do transexual e profissional do sexo, Cristian Pinto Toledo, 27, que usava o nome de Jenifer Toledo para fazer os programas.

O crime ocorreu em 31 de outubro de 2016. Jenifer foi encontrada morta, esgoelada e enforcada por um cinto, num apartamento onde morava no edifício Iris, na esquina da rua 1600 com a avenida Brasil, no centro de Balneário. Na ocasião, vizinhos chamaram a polícia após uma discussão entre a travesti e um homem. Quando a guarnição apareceu, o assassino já tinha fugido. As imagens das câmeras de segurança do prédio e o depoimento de testemunhas ajudaram a identificar e localizar Everton. O rapaz chegou a confessar o crime, mas alegou que agiu em legítima defesa. Segundo ele, Jenifer teria tentado penetrá-lo durante o programa sexual. 

 

Elaine Mafra
Jornalista formada pela Univali em 2006. elaine@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com