Home Notícias Geral Voluntários limpam Atalaia

Voluntários limpam Atalaia

Bitucas de cigarro e pequenos pedaços de plástico, além de muitas bolinhas de isopor, estavam entre o lixo mais recolhido na areia, ontem pela manhã, no mutirão de limpeza da praia do Atalaia, em Itajaí. “Na porção da vegetação o que mais foi identificado foram garrafas e latas deixadas pela população”, diz Victor Valente, superintendente da Fundação do Meio Ambiente de Itajaí (Famai).
A ação, que faz parte da programação da Itajaí Stopover da regata Volvo Ocean Race, se repete sábado que vem na praia do Morcego, canto Sul da Praia Brava.
Somente hoje é que a Famai terá ideia da quantidade de lixo recolhido, já que ele será pesado pela empresa Ambiental, que faz a coleta seletiva em Itajaí.
A ação não é apenas para limpar as praias. “Muito mais importante do que apenas recolher os resíduos, essa ação também tinha a função de identificar os resíduos coletados como forma de pesquisa, pra futuras tomadas de decisão”, explica Victor.

Mais de 13 mil bitucas na ilha
Exatas 13.707 bitucas de cigarro. Esse foi o resultado da campanha “Bitucas não são sementes”, lançada em janeiro como uma das ações ambientais da ilha João da Cunha, a ilha de Porto Belo.
Os restos de cigarros, deixados por mais de 100 mil pessoas que visitaram a ilha durante a temporada de verão, foram recolhidos tanto das bituqueiras (lixeiras) espalhadas pelo ambiente quando das areias da praia e das trilhas.
Desde 2007 os bares e restaurantes instalados na Ilha de Porto Belo não vendem cigarros. Já a venda de bebidas em vidro foi extinta em 2002. Os canudos plásticos foram abolidos em 2016. Mesma época em que houve um acordo com os barcos de entretenimento que transportam passageiros para evitar o uso de balões.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com