Home Notícias Geral Vídeo de diretor Brigadeiro criticando a bocha gera indignação; novo diretor diz que vídeo é antigo

Vídeo de diretor Brigadeiro criticando a bocha gera indignação; novo diretor diz que vídeo é antigo

Técnica da bocha feminina da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú há nove anos, Sueli Zimmermann, procurou o DIARINHO indignada com um vídeo que está circulando do Presidente da Fesporte, Marcelo Marcel Franco José da Silva, conhecido como Marcelo Brigadeiro, falando mal da bocha.

No vídeo, Marcelo diz que a bocha recebe um investimento sete vezes maior do que as artes marciais e afirma que não vê justificativa para isso. “Afinal de contas, eu nunca consegui assistir um jogo de bocha na televisão, nunca vi um jogador de bocha sendo entrevistado em talk show”, provoca.

A técnica Sueli relata que ela e outros praticantes lamentam a falta de informação do presidente sobre a bocha que é um esporte mundialmente conhecido.
“Várias vezes o Brasil foi campeão. Na Argentina em 2018, em Marrocos no ano de 2019, inclusive com atletas de Santa Catarina, sendo uma da Fundação Municipal de Esporte de BC, a Valdete”, afirma.

A reportagem do DIARINHO entrou em contato com o Marcelo Brigadeiro. De acordo com ele, esse vídeo é de janeiro de 2017 e não é sobre a bocha especificamente mas sobre a má gestão do investimento no esporte catarinense.
Ele afirma que na época quando gravou o vídeo, o esporte em Balneário Camboriú era “vergonhoso em termos de gerenciamento, não tinha investimento no rendimento e no social e o pouco que faziam era só na área da participação”.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com