Home Notícias Geral Vereador de Itapema é acusado de fazer rachadinha

Vereador de Itapema é acusado de fazer rachadinha

A comissão de Ética da câmara dos vereadores de Itapema votou pelo afastamento do vereador Yagan Dadam do cargo por 30 dias, após investigação da denúncia mde “rachadinha” no gabinete do parlamento do PL.
O vereador receberia, desde 2017, a metade dos salários de quatro funcionários.
A denúncia chegou na câmara no mês de setembro e, desde então, a comissão foi instaurada para apurar o caso.
Os vereadores Cleverson Tanaka (PSDB), Zulma Souza (Progressistas) e Jean Idimar (MDB) investigaram o caso em sigilo, devido ao período eleitoral.
A comissão interrogou o vereador, colheu depoimentos dos envolvidos e analisou documentos para o relatório final.
Agora o parecer segue para a comissão de Justiça para analisar a constitucionalidade. A comissão tem 10 dias para emitir o parecer e, sendo favorável, o caso vai para votação em plenário.
O vereador será afastado se a maioria simples dos 13 vereadores acatar o pedido. O voto de cada vereador será secreto, conforme prevê o código de Ética da câmara.
O DIARINHO tentou ouvir o vereador Yagan, mas o telefone chamou, chamou e caiu na caixa postal.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com