Home Notícias Geral Trans que sofreu ataques homofóbicos é eleita diretora de escola

Trans que sofreu ataques homofóbicos é eleita diretora de escola

Lode é professora efetiva da rede municipal de Gaspar há 19 anos e efetiva do estado há 26

A transexual Lodemar Luciano Schmitt, a Lode, 45 anos, foi eleita agora à noite diretora da escola Municipal Dolores L. S. Krauss, de Gaspar.

Ela é a primeira trans a assumir uma direção de escola em Santa Catarina.

 

Ganhou em todos os segmentos

Lode foi candidata única. Por isso, as cédulas continham as duas opções: “Sim” e “Não”.

Entre os professores e funcionários, os “Sins” representaram 84% dos votos. Entre os alunos foram 68,5% e entre os pais foram 63%.

Formada em matemática e física pela Furb, Lode é efetiva na rede pública de Gaspar há 19 anos. Também é professora da rede estadual, onde atua há 26 anos.

 

Atacada por transfóbica durante a eleição

Antes da eleição, Lode sofreu ataques transfóbicos e uma mãe liderou um movimento para tentar evitar que a professora fosse candidata.

A mulher foi denunciada à polícia por crime de transfobia.

 

Veja mais na edição de amanhã do DIARINHO.

Sandro Silva
Tem 31 anos de jornalismo, formado em pedagogia pela Udesc e com MBA em Gestão Editorial. geral@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com