Home Notícias Geral Tem pirâmide financeira rolando em Itajaí

Tem pirâmide financeira rolando em Itajaí

A chegada de uma empresa de marketing multinível em Itajaí levantou desconfiança de que o negócio tenha a ver com a prática de pirâmide financeira. Um morador informou que parentes foram convidados para se associar. Com a pulga atrás da orelha, registrou uma queixa no ministério Público, que prometeu averiguar se existe alguma irregularidade.

“A empresa é a Flashbip’s é basicamente a mesma coisa que a Telexfree [empresa condenada pela justiça por fraude financeira], onde as pessoas adentram com valores para explorar anúncios. Não existem produtos, é pura picaretagem”, avalia o denunciante. Ele informou que levou o caso pra promotoria como forma de alerta para outros moradores.

Por enquanto, não há nenhum inquérito aberto. Neste ano, o ministério Público chegou a investigar outra empresa de Florianópolis, mas as suspeitas não se confirmaram e o caso foi arquivado. Em Itajaí, o Procon não recebeu nenhuma reclamação contra a Flashbip’s e não houve registro de boletim de ocorrência contra empresa. O Procon orienta, no entanto, que caso alguém se sinta lesado, que procure o órgão.

A prática de pirâmide financeira representa crime contra a ordem tributária, porque não há recolhimento de tributos, e contra a economia popular, porque o negócio não é sustentável, só se mantendo enquanto há novas pessoas para entrar. O esquema é atrativo pela promessa de dinheiro fácil. Já o modelo de marketing multinível é legal, no qual os comerciantes ganham bônus pelas vendas de outros associados da rede.

Elaine Mafra
Jornalista formada pela Univali em 2006. elaine@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com