Home Notícias Geral Tainha a R$ 10 o quilo é a opção em Itajaí e BC

Tainha a R$ 10 o quilo é a opção em Itajaí e BC

Pra quem busca um prato saboroso e bom de preço, dá pra aproveitar a oferta

No Mercado do Peixe de Itajaí vendas vão às 14h deste sábado

pesca artesanal da tainha já está rolando e com isso o pescado passa a ser uma boa opção para quem busca um prato diferente para o final de semana. Tanto em Itajaí, quanto em Balneário Camboriú, o pescado já pode ser comprado na média de R$ 10 o quilo sem ova e R$ 15 o quilo da tainha ovada.

Nesse sábado o Mercado Público do Peixe ficará aberto até às 14h. Durante a semana, o horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira,  das 7h às 18h. Ao todo, são 27 boxes com venda de pescados, a maioria deles já com a tainha disponível. Itajaí tem ainda mercados para venda de peixe no São Vicente e no Promorar.

O gerente do Mercado, Nilson José de Borba, reforça que o mercado está tomando todos os cuidados em relação ao coronavírus. Além da obrigatoriedade de uso de máscara, haverá álcool em gel nos acessos e controle de lotação, por isso a recomendação é evitar ir ao mercado acompanhado de mais gente do que o necessário para fazer as compras.

“A tainha cria uma grande expectativa por parte de empresários, armadores, pescadores e da população. É uma questão cultural da região. Assim que esfria, todo mundo já quer saber se vai dar tainha. Esse ano a oferta talvez não seja tão grande porque apenas 10 barcos foram autorizados para a pesca industrial e temos uma frota de 100 barcos. Aí entra a lei da procura e da oferta, quanto maior a oferta, menor o preço, mas acredito que o preço deve se manter nessa faixa”, comenta Nilson.

Balneário também tem

O presidente da Colônia dos Pescadores da Barra, Valdelir Manoel da Silva, conta que a tainha também já chegou às peixarias da cidade. Segundo ele, a pesca artesanal ainda não engrenou, mas a procura pelo pescado tem aumentado  no dia a dia. Valdelir acredita que na próxima semana a safra melhore com a chegada de uma frente fria.

“A expectativa dos pescadores está boa para esse ano. Apesar da questão da epidemia, a procura nas peixarias aumentou, então esperamos que a partir de semana vem o movimento também cresça junto com a pesca”, completa.

Quem quiser garantir tainha pro final de semana em BC, pode procurar o pescado nas peixarias em horário comercial. A média de preço é a mesma praticada em Itajaí.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com