Home Notícias Geral Spernau mantém embargo na obra do Italian

Spernau mantém embargo na obra do Italian

Projeto foi aprovado com 19 andares mas o prédio foi construído com 36

O novo secretário de Planejamento Urbano e Gestão Governamental de Balneário Camboriú, Rubens Spernau, emitiu um despacho mantendo o embargo da construção do edifício Italian, da construtora P&P, no bairro Pioneiros. O projeto original aprovado pelo município prevê a construção de 19 pavimentos, mas a obra já chegou aos 36 andares e foi embargada pela fiscalização.

Spernau conta que na semana passada o projeto foi substituído por sua versão final e que, após análise técnica, foi decidido que a construtora não terá permissão para construir além dos 19 andares. “A liberação para construção é a da área que constava no projeto. Mas a parte, que eu chamo de excedente, não tem alvará e até o presente momento não há condição de aprovação da sua continuidade,” explica.

Queda de secretário

Sobre comentários de bastidores de que o ex-secretário da pasta, Vladimir Trautwein, teria “caído” por ter sido processado por um dos proprietários da P&P, o pré-candidato a prefeito de Balneário,  Auri Pavoni,  Spernau faz questão de afirmar que não houve nenhum motivo pessoal do ex-secretário no embargo da obra. “Afirmo com veemência que o embargo é legítimo dentro daquilo que a legislação prevê. Não houve revanchismo ou algo pessoal, apenas o incorporador está com erros na obra,” afirma.

Sobre a saída de Vladimir da secretaria, Spernau explicou que o ex-secretário segue no governo e que acumulava a função interinamente com a direção da Cosip. Ao contrário do que dizem os boatos, Spernau afirma que a prefeitura sentiu a necessidade de Vladimir focar mais na função original. “Eu sei que começaram a associar uma coisa a outra, mas não tem nada a ver. O motivo da saída dele foi focar na Cosip, finaliza.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com