Home Notícias Geral Sindicato dos motoristas pede bloqueio de R$ 3 milhões da Transpiedade

Sindicato dos motoristas pede bloqueio de R$ 3 milhões da Transpiedade

O sindicato dos Motoristas de Itajaí e Região (Sitraroit) entrou com uma medida cautelar na justiça do trabalho pedindo para bloquear o repasse de dinheiro da prefeitura de Itajaí à em-presa Transpiedade. O pedido de bloqueio dos R$ 3 milhões foi feito à 3ª Vara do Trabalho de Itajaí.
No pedido, o sindicato justifica que a empresa não tem arcado com as suas obrigações com os 120 funcionários. Não há depósito do FGTS e dos valores previdenciários dos trabalhado-res. A prefeitura deveria fiscalizar o pagamento das contribuições, conforme determinava o contrato emergencial, mas isso não teria acontecendo.
No dia 6 de agosto, o sindicato já tinha notificado à prefeitura de Itajaí pra não efetuar o re-passe à Transpiedade, sob pena de responder pelos valores deixados de serem pagos aos funcionários da empresa.
O sindicato ainda alega que os trabalhadores estão sendo assediados pela direção da Trans-piedade para aceitar um acordo trabalhista, abrindo mão de vários direitos, entre eles o FGTS não depositado, o aviso prévio e a multa rescisória do FGTS.
Os trabalhadores ainda alegam que estão sendo chamados para assinar o acordo na empresa, sofrendo pressões psicológicas e ameaças.
A Transpiedade tocava de forma emergencial o transporte coletivo de Itajaí desde 2017. A última renovação de contrato venceu em julho e a prefeitura anunciou que não manterá o contrato com a empresa em virtude da paralisação do transporte público por conta da pan-demia da covid-19.
O município de Itajaí informou que embora tenha conhecimento do pedido do sindicato, bloqueios de valores só podem ocorrer mediante decisão judicial.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com