Home Notícias Geral Santa Catarina tem mais sete frigoríficos habilitados para exportação de carne suína para a China

Santa Catarina tem mais sete frigoríficos habilitados para exportação de carne suína para a China

Peste suína africana vitimou mais de 6,9 milhões de animais. (Foto: Divulgação)

O estado de Santa Catarina teve mais sete frigoríficos habilitados para exportar carne suína para a China. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, pelo Ministério da Agricultura, Pecuário e Abastecimento (Mapa). A expectativa é de que as exportações gerem um adicional de US$15 milhões por mês para o estado.

As plantas aprovadas para exportação são: Seara, de Itapiranga; Aurora, de Chapecó; Pamplona, de Presidente Getúlio; Aurora, de Joaçaba; Seara, de São Miguel do Oeste; Pamplona, de Rio do Sul; e BRF, de Campos Novos.

De acordo com o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Ricardo Gouvêa, a ampliação das exportações era algo esperado. A China enfrenta uma crise na área de suinocultura, devido a epidemia de peste suína africana. Já foram abatidos mais de 6,9 milhões de animais no continente. China é o maior mercado para a carne suína de Santa Catarina

Em 2018, as agroindústrias instaladas no estado faturaram cerca de US$ 41,5 milhões com a exportação de 41 mil toneladas de miudezas de carne suína. China e Hong Kong respondem por 58% de todo o faturamento catarinense com as exportações de carne suína em 2019. A receita gerada com os embarques entre os meses de janeiro e outubro já passa de US$ 387,6 milhões, 41% a mais do que no mesmo período do ano anterior.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com