Home Notícias Geral Quadro histórico de Walter Smykalla passa por restauração em Navegantes

Quadro histórico de Walter Smykalla passa por restauração em Navegantes

Obra foi restaurada por especialistas de ateliê de Navegantes

Uma tela de quatro metros de largura por 1,6 metro de altura pintada pelo artista Walter Smykalla em 1987 passou por restauração no ateliê Ventos do Norte. A pintura retrata Navegantes a partir do morro da Cruz, em Itajaí, onde o artista chegou a morar. A restauração começou em janeiro e foi finalizada neste mês. O quadro ficava no hall principal da prefeitura de Navegantes. Ainda não se sabe se ficará no mesmo lugar ou terá novo destino.

O trabalho foi feito pelo conservador e restaurador Oyama Achcar, junto com a artista plástica Tânia Gollnick, que tocam o ateliê no bairro Gravatá. Eles já trabalharam em outras restaurações na região, como a do chafariz Luigi Collares, no mercado Público de Itajaí, e a escultura do coelho da praça da igreja Matriz de Itajaí.

Segundo o restaurador, a tela de Smykalla foi pintada em acrílico com muita delicadeza e riqueza de detalhes. A pintura mostra o rio Itajaí-açú em primeiro plano, com o casario e igreja matriz de Navegantes numa cidade ainda enfeitada por muito verde. Barcos e o canal de acesso ao porto também foram retratados com cuidado pelo artista. “Esta tela foi esboçada no Morro da Cruz e Sr. Walter levava os esboços para casa e construía a pintura”, comenta Oyama.

No processo de restauração envolveu diversas intervenções. O quadro passou por limpeza com pinceis, retirada de cupins na armação de madeira, com a troca das partes estragadas, remoção de grampos enferrujados e uso de agentes químicos pra retirada de pontos de ferrugem na borda da pintura. A tela foi retirada da moldura e colocada numa “cama” especialmente montada pra ela.

Foram feitas costuras em pontos com rasgos e tratamento no quadro contra a ação de cupins e outros insetos, além do reentelamento pra proteger o tecido original da pintura. A restauração na imagem ainda envolveu a reparos em camadas com desprendimento, com a aplicação de massa de nivelar especial pra telas acrílicas. Por último, a tela recebeu verniz de proteção e agora aguarda a vistoria pra retirada pelo município.

“Todas as intervenções foram pensadas isoladamente, passaram por testes para o melhor desempenho do trabalho, respeitando o princípio da reversibilidade, seguindo os critérios das cartas de restauro e principalmente o respeito a mais essa bela obra do artista Walter Smykalla”, afirma Oyama.

Natural de Curitiba, Smykalla morou em Itajaí e Balneário Camboriú entre o final dos anos 1950 e a década 1990. Ele teve uma segunda passagem por Itajaí em 2013, quando morou no asilo Dom Bosco. O pintor tem 79 anos e atualmente vive num asilo em Taubaté, em São Paulo, onde continua pintando e está escrevendo sua autobiografia. O artista tem cerca de 500 telas produzidas, além de murais e afrescos em igrejas.
O trabalho de restauração dos artistas foi pago pela prefeitura de Navegantes, em contrato de R$ 7,5 mil. 

João Batista
Formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Associação Educacional Luterana Bom Jesus/Ielusc, de Joinville (SC). E-mail: geral.diarinho@gmail.com
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com