Home Notícias Geral Professores estaduais estão em estado de greve

Professores estaduais estão em estado de greve

Em uma assembleia estadual que aconteceu terça-feira, o sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (SINTE) decidiu que os professores estaduais ficarão em estado de greve até o dia 17 de março. O magistério votou de forma unânime em não aceitar o reajuste salarial de 3,14% oferecido pelo governo de Carlos Moisés (PSL). Os trabalhadores exigem um reajuste de mais de 17%.
O sindicato exige, para não entrar em greve, os reajustes do piso de 2019 (4,17%) e 2020 (12,84%) na carreira, reajuste do vale alimentação para R$24 (atualmente é R$12), e também a não aprovação da reforma da previdência do comandante Moisés.
A proposta do governo do Estado é um reajuste de 3,14% dividido em duas partes, nos meses de maio e novembro. Dessa forma, foi deliberado estado de greve até o dia 17 de março, um dia antes da realização da próxima assembleia.
Nessa próxima assembleia será deflagrada a greve caso o governo não atenda as reivindicações do reajuste do piso na carreira.
A ideia do Sinte é de mobilizar e conscientizar a categoria por todo o estado. Serão realizadas visitas as escolas e também atos e campanhas promovidos pelo Sinte estadual e regionais.
O sindicato também informou que no caso de o governo encerrar as negociações do reajuste, a nova assembleia estadual poderá ser antecipada.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com