Home Notícias Geral Problemas no app do INSS geram reclamação

Problemas no app do INSS geram reclamação

As agências do Instituto Nacional do Seguro Social reabriram na última segunda-feira, mas em Santa Catarina menos da metade voltaram a atender pelo serviço de perícia médica.
A moradora de Itajaí, Vanvreia dos Santos, de 36 anos, está há mais de um mês aguardando a resposta do INSS pelo aplicativo para regularizar a situação e conseguir agendar a perícia para receber o benefício.
As dificuldades começaram logo que ela baixou o aplicativo e teve o auxílio negado por divergência no nome. Estava no sistema como Andreia, mas deveria estar Vanvreia. Para alterar, ela teve que enviar todos os documentos comprovando quem realmente era.
Porém, desde que enviou o requerimento, no dia 5 de agosto, até agora não teve um retorno. Com isso, há mais de um mês não consegue agendar nada pelo aplicativo: nem o horário para ir à agência e nem a perícia porque até que o nome seja corrigido o atestado médico que ela tem não está valendo.
O mais difícil é aguardar sem receber nada. Vanvreia relata que trabalha como leiturista e está afastada por conta de um problema no pé. A cirurgia dela já estava marcada desde março no hospital Marieta, mas por conta da pandemia o procedimento foi suspenso.
“Ligo no 135 e falam que tenho que aguardar a resposta do aplicativo, mas já passaram mais de 30 dias. Está bem complicado”, lamenta.
O INSS recebeu a reclamação através da reportagem, verificou a situação e garantiu que o problema foi resolvido, não há mais inconsistência no nome. De acordo com o órgão, agora, a segurada pode entrar e gerar a senha para o Meu INSS. E esclarece que estavam com represamento na análise destas tarefas, devido ao fechamento das agências por conta da pandemia. Em breve, dizem que será normalizado.
INSS comunica ainda que desde às 7h do dia 17 de setembro, 28 agências no sul do país já estavam prontas para o atendimento presencial de perícia médica, aguardando apenas o retorno dos médicos peritos, que não compareceram como era o combinado. As unidades foram vistoriadas entre terça e quarta-feira e consideradas aptas pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho.
Vale destacar que neste primeiro momento de reabertura gradual, as agências selecionadas estão funcionando somente das 7h às 13h e, exclusivamente, para o atendimento agendado de cinco serviços: cumprimento de exigência, justificação administrativa, reabilitação profissional, avaliação social e perícia médica.
Já o atendimento presencial de perícia médica não vai ser disponibilizado em todas as agências reabertas, e depende do retorno dos médicos peritos às suas unidades.

Quem está com a perícia médica agendada, o INSS orienta que, antes de comparecer à agência, faça contato com o telefone 135 para confirmar se o serviço já está disponível.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com