Home Notícias Geral Parque aquático terá que indenizar homem por acidente em tobogã

Parque aquático terá que indenizar homem por acidente em tobogã

 O valor de R$ 30 mil será pago a título de indenização por danos morais e estéticos sofridos em 2012, após uma vítima se acidentar enquanto descia no tobogã de um parque aquático de Gaspar. A decisão é do juiz Clóvis Marcelino dos Santos, titular da 1ª Vara Cível da comarca de Gaspar.

Em fevereiro de 2012, em visita ao estabelecimento, o homem se feriu ao descer de um dos equipamentos. Segundo o autor da ação, o reservatório destinado à frenagem dos banhistas não estava com água o bastante e isso fez com que ele não perdesse suficientemente a velocidade e sofresse o acidente.

O visitante teve lesões nos membros inferiores. O impacto causou deformidade em ambos os pés e cicatriz no joelho, além da redução da altura de uma das pernas. Segundo ele, não havia nenhuma sinalização que indicasse que o equipamento estava fora de uso e o fluxo de água para a descida estava ligado.

Além da indenização de R$ 30 mil, sendo R$ 20 mil por danos morais e R$ 10 mil por danos estéticos, o parque aquático foi condenado ao pagamento de eventuais despesas futuras com  tratamento médico-hospitalar, fisioterapia, medicamentos e cirurgias pra correção das sequelas do cara, desde que comprovada a necessidade.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com