Home Notícias Geral Navegantes diz que combateu mais de 90% dos focos do mosquito da dengue

Navegantes diz que combateu mais de 90% dos focos do mosquito da dengue

Navegantes iniciou uma força-tarefa no combate à dengue, após um surto da doença atingir o Estado. Um balanço desta ação anuncia um avanço no controle dos focos do mosquito Aedes Aegypt.
De acordo com a diretora de Vigilância Epidemiológica, Silvana Adriano Francez, o município teve 53 casos confirmados de dengue.
“Todos os casos de Navegantes foram curados e nenhum evoluiu para óbito. Depois da intensificação dos serviços de combate à dengue não tivemos mais nenhum registro da doença,” esclareceu a diretora.
O secretário adjunto de Saúde, Aldo Filho, relatou que no mês de julho, ao reativar a Sala de Situação de Combate à dengue foram registrados 1.253 focos positivos do mosquito Aedes Aegypt. Diante do cenário de emergência foi elaborado um planejamento com metas e estratégias para combater o mosquito transmissor.
“Nestes dois meses de força-tarefa foi registrada uma diminuição dos focos positivos. De 1255 para 105, o que representa uma diminuição de 92%,” comemorou o secretário.
Nas reuniões na sala de situação foram definidas as prioridades. Tarefas e responsabilidades foram divididas num grande trabalho em equipe com monitoramento semanal pelos agentes de endemias. Ações multisetoriais de casa em casa, nos terrenos baldios, ferro velho, borracharias, imóveis abandonados com mutirões de limpeza, eliminação de depósitos, tratamento focal e ações educativas com entrega de panfletos com informação em todos os bairros do município.
A secretária de saúde, Marluza Trevisan, agradece o apoio e empenho de todos no combate ao Aedes Aegypti, principalmente a coordenação do Programa de Controle da Dengue e a parceria com a Vigilância Sanitária, Defesa Civil, Fundação do Meio Ambiente (Fumam) Secretaria de Urbanismo, Secretaria de Obras e Corpo de Bombeiro.
Ao todo foram 70 pessoas envolvidas. Recentemente a secretaria de Saúde de Navegantes também investiu no Departamento de Vigilância Epidemiológica adquirindo duas bombas de UBV (para nebulização de focos positivos) e novos uniformes para identificação dos funcionários. Além disso, houve um reforço da equipe de combate à dengue com a contratação de cinco novos agentes de endemias.
“Com estes novos investimentos a equipe terá melhores condições de trabalho e consequentemente mais agilidade no serviço. Queremos avançar ainda mais no combate à dengue,” finalizou a secretária.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com