Home Notícias Geral Mulher se joga ao mar e leva junto filha de oito dias

Mulher se joga ao mar e leva junto filha de oito dias

Corpo da mãe foi encontrado na praia. Bebê ainda está desaparecido

Uma tragédia abalou Navegantes na quinta-feira. Uma mulher cometeu suicídio entrando no mar da praia Central e teria levado junto a filhinha de apenas oito dias. O corpo de Fernanda Luciana da Silva, 39 anos, foi encontrado pela manhã. Até ontem à noite as autoridades faziam buscas por terra e por mar na tentativa de localizar a bebê Malu.
Os bombeiros e a polícia souberam do desaparecimento de Fernanda e da filha no meio da madrugada. Andréa Cristiane da Silva, 44, irmã de Fernanda, pediu socorro às autoridades às 2h40. Durante o pedido de ajuda, contou que a irmã sofria de transtorno bipolar e aproveitou que todos estavam dormindo para fugir de casa.
Mas a notícia triste veio mesmo por volta das 6h30 da manhã. Populares chamaram os bombeiros porque havia o cadáver de uma mulher na areia da praia, perto do campo de futebol da praça central. O corpo era de Fernanda, que foi recolhido e levado ao instituto Médico Legal de Balneário Camboriú.
Populares disseram às autoridades que na madrugada anterior teriam visto a mulher entrar no mar com a criança no colo. A informação, no entanto, não foi confirmada ainda.

Buscas na praia
O cobertozinho do bebê foi encontrado no mar. A criança não foi localizada ainda.Desde a manhã até início da noite, bombeiros militares e voluntários, além de policiais militares, familiares e voluntários se uniram para vasculhar a mata da restinga de Navegantes na tentativa de localizar o bebê. Um cão farejador dos bombeiros foi usado nas buscas, mas sem sucesso.
A tripulação de um dos helicópteros dos bombeiros também foi mobilizada. A aeronave vasculhou a restinga e também a costa de Navegantes na tentativa de localizar a criança. À tarde, os bombeiros militares usaram um jet-ski como reforço. As buscas foram encerradas com a chegada da noite.
Ontem, os familiares de Fernanda ainda tinham esperança de que o bebê ainda esteja vivo. Pelas redes sociais pediam ajuda para localizar a criança. “Ela está com um tip top soft rosa e um cobertor amarelo com estampa de ursinhos”, informavam. O cobertor seria o mesmo que foi encontrado na praia.
Quem possuir alguma informação deve ligar para o 190, que é o número da polícia Militar.

Fernanda sofria de transtorno bipolar e parou de tomar os remédios
O DIARINHO conversou com um primo de Fernanda, que no dia anterior esteve com ela. “Ela estava bem. Disse que amanhã (hoje) ainda ia nos visitar. Não dá pra acreditar ainda no que aconteceu. Ainda não caiu a ficha”, disse o rapaz.
De acordo com o parente, Fernanda sofria de transtorno bipolar, que é uma doença que provoca alterações no comportamento e leva uma pessoa a oscilar entre momentos de felicidade e depressão repentinamente. A depressão pós-parto teria sido agravada pela bipolaridade, acredita o familiar. “Ela já se tratava há mais de 16 anos”, contou. E completou: “Foi internada em várias clínicas e tomava medicamentos muito fortes”.
Fernanda morava com a irmã Andrea, não trabalhava e não era casada. Malu era sua primeira filha. “Ela teve a filha de um relacionamento com um rapaz, que já era separado e tinha filhos. Mas ela não queria voltar para ele”, afirmou o primo.
Segundo ainda o parente, Fernanda vinha se medicando e quando tomava os remédios para conter a bipolaridade, ficava bem. “Mas quando não tomava o medicamento, dava ataques de querer sair à noite, de sumir”, completou.
Na quinta-feira passada, deu a luz a uma menina. Os médicos então indicaram que ela suspendesse a medicação que controlava a bipolaridade para que pudesse amamentar a criança.
A família passou então a ter cuidado redobrado, ressalta o primo. “Toda família estava em cima, sempre cuidava. O que foi para fazer, foi feito. Mas a doença venceu”, lamentou.
O homem que teve o filho com Fernanda é o pedreiro e pescador Jucemar Daniel. Ele é separado e já tem três filhos. Não vivia junto com Fernanda, mas em sua conta do Facebook comemorou o nascimento da filha Malu.
Na segunda-feira desta semana, Jucemar fez uma postagem reclamando que não estaria podendo ver a criança. “Poxa ninguém me dá notícia de minha filha”, escreveu. Desde então não fez mais postagens.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com