Home Notícias Geral MP pede absolvição do ex-presidente da câmara, Roberto de Souza, e de outros vereadores

MP pede absolvição do ex-presidente da câmara, Roberto de Souza, e de outros vereadores

O promotor de Justiça Isaac Newton Belota Saabá Guimarães, da 5ª Promotoria de Justiça do Ministério Público, pediu, nesta terça-feira, a absolvição do advogado Roberto Antônio de Souza (falecido) e de seis vereadores no caso da Operação 30 Graus, que apurava crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Os denunciados são os vereadores Roberto Antônio de Souza Júnior (filho do advogado e ex-presidente da câmara dê vereadores de Balneário), Nilson Frederico Probst, Orlando Angioletti Júnior, Asinil Medeiros, Elizeu Pereira e Claudir Maciel.
A denúncia é composta por três fatos. O primeiro denuncia Nilson Frederico Probst e Orlando Angioletti Júnior por corrupção passiva relacionada ao terreno que fica a nova loja Havan em Balneário Camboriú. A prefeitura ia fazer a Praça do Cidadão no local, mas largou o projeto. O dono, Jorge Caseca, foi liberado para construir o empreendimento no local, com a condição que fosse um centro administrativo. Foi quando ele começou as negociações com a Havan. A denúncia acusa os vereadores de terem ganhado “vantagem” para liberar o terreno.
O segundo fato da denúncia acusa os denunciados de corrupção passiva na aprovação de um projeto de lei que alterava o plano diretor envolvendo um imóvel da Rodovia Interpraias, no bairro Estaleiro. Os vereadores e o advogado são acusados de terem recebido dois terrenos como pagamento pela alteração na lei. No terceiro fato são acusados de lavagem de dinheiro, relacionada à ocultação dos lotes.
A decisão definitiva sobre o caso, a partir do parecer do ministério Público, será da justiça.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com