Home Notícias Geral Motoristas de aplicativo se negam a atender corridas curtas no aeroporto de Navegantes

Motoristas de aplicativo se negam a atender corridas curtas no aeroporto de Navegantes

Todo mês o técnico mecânico Paulo, 44 anos, morador de Penha, passa pelo mesmo problema no aeroporto de Navegantes. Trabalhando no Rio de Janeiro, toda vez que ele desembarca em Navegantes tem dificuldade em conseguir ir para casa porque os motoristas de aplicativo que trabalham no aeroporto estão boicotando corridas curtas.

Segundo ele, a situação tem piorado cada vez mais. Se antes os motoristas ficavam dentro dos carros, agora eles ficam na área de embarque e desembarque, em grupos, cancelando corridas com valores baixos e esperando corridas mais longas para outras cidades.

Na última quarta-feira, Paulo desembarcou em Navegantes por volta de 23h e teve quatro corridas canceladas pelo aplicativo da Uber. O valor apontado pelo aplicativo era de R$23,00, mas dois motoristas chegaram a pedir R$50,00 para fazer a viagem ‘por fora’. Ele só conseguiu uma corrida para Penha porque estava no final da noite e não haveria mais voos naquele horário.

“O relato do motorista que aceitou a corrida foi: ‘eu resolvi pegar sua corrida, pois a gente fica ali escolhendo, escolhendo, e acaba que não sobra nada, então melhor pegar uma (corrida) pequena do que não pegar nada, já fiquei várias vezes sem corrida depois desse voo”, narra Paulo.

Quando morava no centro de Navegantes, a situação era pior ainda. Com corridas de R$5 a R$6 até sua casa, ele tinha que esperar até não ter mais ninguém na área de embarque, para então ser atendido por algum motorista.

“Eles querem só pegar corrida para BC, para longe. Se pra nós que somos moradores já é ruim, imagina um turista chegando e querendo ir pra um hotel ou pousada em Penha, e ter que passar por isso”, critica. Paulo enviou a reclamação para a Uber através do e-mail de suporte disponibilizado pela empresa, mas até essa sexta-feira não havia recebido resposta.

Uber diz que motoristas podem ser banidos

Em nota de sua assessoria, a Uber informou que monitora os casos de cancelamentos de motoristas inscritos no aplicativo e que os mesmos podem ser banidos.

“Altas taxas de cancelamentos injustificados configuram uma violação aos Termos e Condições com os quais os motoristas parceiros concordam antes de começarem a usar o aplicativo da Uber. A Uber tem equipes e tecnologias próprias que constantemente analisam viagens para identificar violações aos termos acordados e, caso sejam comprovadas, banir os envolvidos”, diz a nota.

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com