Home Notícias Geral Morre pracinha da Segunda Guerra que vivia em Itajaí

Morre pracinha da Segunda Guerra que vivia em Itajaí

Seu Manoel morreu aos 97 anos

O expedicionário Manoel João Maciel, de 97 anos, faleceu hoje em Itajaí. Filho de pais agricultores, foi convocado ao Exército e incorporado à FEB, no 6º Regimento de Infantaria, com 24 anos, partindo para a Itália em julho de 1944. Apesar da origem humilde e pouco estudo, aprendeu com facilidade a língua italiana. No fim da guerra, por causa disso, foi convidado pelas tropas dos EUA pra permanecer no país europeu e ajudar nas tropas de ocupação, que iriam reconstruir a Itália, um dos poucos brasileiros a participar dessa operação. Voltou então ao Brasil somente em 1946.

Foi policial civil e funcionário dos Correios, morando em Florianópolis e depois radicou-se em Itajaí. Grande entusiasta da causa negra, foi incentivador da Sociedade Recreativa Sebastião Lucas. Seu nome está eternizado na Praça do Expedicionário em Itajaí.

Com a morte do senhor Manoel, não vive mais nenhum pracinha em Itajaí. O itajaiense Roberto Inthurn, único itajaiense vivo que combateu na Segunda Guerra, mora em Balneário Camboriú.

O corpo está sendo velado no cemitério da Fazenda e o enterro será nesta quinta-feira (26), às 9h. 

Elaine Mafra
Jornalista formada pela Univali em 2006. elaine@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com