Home Notícias Geral Mercados e shoppings fechados aos domingos

Mercados e shoppings fechados aos domingos

Ações da Amfri visam conter um colapso na saúde. Curva de contágio seguirá crescendo este mês, alertam os especialistas

Missas e cultos estão mantidos em Itajaí aos finais de semana

Novas medidas restritivas de prevenção ao coronavírus passam a valer a partir de hoje na região da Amfri. Os novos decretos, alguns ainda a serem publicados pelas prefeituras, fazem o regramento com base nas recomendações definidas regionalmente na segunda-feira. As medidas mantêm exigências sanitárias e trazem novidades quanto ao funcionamento do comércio, bares e igrejas e à circulação nas praias e locais públicos, que já tinham restrições.

A regiãoda Amfri  lidera o número de casos no estado. Até segunda-feira, eram 9494 infectados e 143 mortes na Amfri, 61% delas em Itajaí (59) e em Balneário Camboriú (28). Nesse mês, houve um crescimento de 56% dos casos confirmados e 52% das mortes pela doença.

De acordo com o epidemiologista Oscar Bruna-Romero, coordenador dos cursos de Ciências Biológicas da UFSC, as medidas, somadas à manutenção das escolas e universidades fechadas, são boas para conter  a doença. Mas ele observa que é difícil dizer se serão efetivas a ponto de segurar ou diminuir os números. “Porque tivemos um espalhamento muito grande. Acredito que teremos uma estabilização ao final de julho e em agosto veremos se diminui ou não”, analisa.

Mesmo assim, Oscar destaca que a partir da estabilização dos números, ainda que sejam altos, os governantes voltarão a liberar as atividades, sem esperar o tempo suficiente. “A minha recomendação, ainda mais do que antes, é que se fique em casa. Se encontrar com outros nesse momento é o mesmo que ganhar passaporte para covid-19”, alerta.

Para o professor Raphael Nunes Bueno, especialista em Saúde Pública, a grande dificuldade no momento é conseguir convencer toda a população da necessidade das medidas sanitárias e sociais, que envolvem trabalho e renda. Raphael avalia que a falta de articulação e apoio entre governo federal, estado e municípios deixa os prefeitos com dificuldades pra conter a pandemia.

“Está muito difícil para os prefeitos que aqui estão tentando de tudo pra dar resposta pra população e tentar evitar o contágio e minimizar os danos. É um dilema muito grande que enxergo dos municípios conseguirem sozinhos dar conta dessa demanda”, comenta. O professor analisa que as novas medidas devem minimizar a situação, ajudando a evitar o colapso total no sistema de saúde, mas a curva de contágio ainda seguirá aumentando por um tempo. Segundo observa, as ações na região buscam garantir o atendimento dos pacientes mais graves, que precisarão de UTIs. “Acho que a gente vai conseguir trazer a curva pro aceitável, no sentido de manter as UTIs dando resposta à população”, completa.

Balneário reduz horário de bares

Balneário Camboriú  anunciou que o horário de funcionamento dos bares e similares será das 6h às 20h.

Os restaurantes, padarias, lanchonetes poderão funcionar de segunda a sábado das 6h às 22h, e aos domingos, das 6h às 20h. Os serviços de delivery e drive-thru podem seguir funcionando.

Os supermercados poderão funcionar das 7h às 23h, limitando a entrada de uma pessoa por família e com ocupação máxima de 30% da capacidade.

No comércio de rua, a abertura poderá ocorrer de segunda a domingo das 8h às 20h. Nos shoppings,  o horário ficou de segunda-feira a sábado, das 12h às 20h, e aos domingos das 14h às 20h.

Quanto às atividades religiosas, como missas, cultos e demais celebrações, o prefeito Fabrício Oliveira (Podemos) fez uma apenas uma “recomendação de suspensão por 14 dias”. As que optarem por não seguir a recomendação deverão, obrigatoriamente, atuar com lotação de no máximo 30% da capacidade.

Igrejas não estão proibidas de celebrar em BC

Bares, mercados e shoppings fechados

Além de novas medidas decretadas na segunda-feira, a prefeitura de Itajaí anunciou ontem como fica o  funcionamento das igrejas. Em reunião no Centreventos com pastores e padres, o prefeito Volnei Morastoni (MDB) definiu que cultos e missas presenciais serão liberados nos finais de semana.

As outras restrições afetam o funcionamento do comércio. Os mercados devem fechar aos domingos, abrindo entre 8h e 23h durante a semana e reduzindo até 30% a capacidade. Restaurantes e padarias poderão atender das 6h às 22h, de segunda a sábado, e das 6h às 14h, aos domingos. Os bares só poderão abrir de segunda a sábado, das 6h às 20h, com limite de 40% da capacidade.

A medida valerá por 15 dias a partir de hoje. As igrejas precisarão respeitar o limite de até 30% da capacidade de público, que já vigorava. Durante a semana, os templos poderão ficar abertos pra atendimentos individuais, seguindo as normas sanitárias preventivas. Os cultos e missas desta quarta já não acontecerão. As paróquias vão manter as missas online, como vinham sendo transmitidas.

O comércio de rua deve ficar restrito ao horário das 8h às 20h e os shoppings das 12h às 20h, com suspensão do atendimento aos domingos. Autônomos e profissionais liberais deverão atender com agendamento, ocupação limitada a 50% e distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas.

Nas academias, estúdios de dança e escolas de natação estão proibidas aulas coletivas. Atividades esportivas coletivas também ficam suspensas em espaços públicos ou privados. Seguem suspensos shows, eventos e espetáculos, bem como cinemas, teatros e casas noturnas, além do transporte público e escolas. Nas praias, a prática de esportes individuais continua liberada.

Parque continuará funcionando; igrejas não

Hotéis e Beto Carrero liberados em Penha

Em Penha, novas medidas valerão por 14 dias  prevendo mais rigor em restrições já existentes. Hotéis, pousadas e o parque Beto Carrero World seguirão liberados. As atividades religiosas presenciais ficarão suspensas por duas semanas e o acesso às praias voltará a ser proibido.

A entrada nos supermercados será limitada a uma pessoa por família, com horário das 6h às 24h. As panificadoras poderão abrir das 6h às 22h, de segunda-feira a domingo. O comércio em geral seguirá no mesmo horário, das 8h às 20h. Os autônomos e profissionais liberais deverão atender com agendamento, metade da ocupação e distanciamento.

O novo decreto reduz para até três horas o tempo dos velórios e prevê fiscalização mais rígida contra aglomerações. Aulas presenciais e esportes coletivos seguem proibidos. Nas praias, será permitida apenas a pesca artesanal e profissional e a prática individual de esportes.

Outras cidades

Nas outras cidades da região, as prefeituras ainda elaboravam s novos decretos. Balneário Piçarras, Porto Belo e Itapema seguiriam todas as recomendações da Amfri. Navegantes e Camboriú previam publicar os decretos a qualquer momento. Em Bombinhas, a prefeitura havia decretado a suspensão de eventos e a liberação de quadras esportivas na semana passada, mas não se manifestou sobre novas medidas.

 
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com