Home Notícias Geral Haitiano ajudava patrões quando foi arrastado pelas águas

Haitiano ajudava patrões quando foi arrastado pelas águas

As autoridades já sabem quem é o imigrante haitiano que entre a noite de quarta-feira e madrugada de ontem foi arrastado pelas águas e desapareceu no rio Ariribá, em Balneário Camboriú. Trata-se de Marcellus Vlademy, 34 anos, que morava e trabalhava numa chácara que fica às margens da avenida do Estado Dalmo Vieira, quase na divisa com Itajaí.

Marcellus ajudava os patrões a desobstruir o sistema de drenagem quando foi arrastado para o rio. A água teria invadido a propriedade até a altura do peito. A dona da chácara, Neuza Maria Ceni Andrade, disse que todos estão abalados e não quis falar com o DIARINHO.

As buscas começaram ontem pelo leito e galerias do rio Ariribá, que serpenteia entre Balneário Camboriú e Itajaí e desagua na praia dos Amores. Bombeiros usaram um drone para ajudar nas buscas pelo rio e um jet sky e um helicóptero na tentativa de localizar algum corpo no mar.

Enquanto isso, funcionários do Emasa vasculharam as galerias do rio Ariribá. Apenas o boné de Marcellus foi encontrado.

Lei mais sobre essa tragédia na edição de sexta-feira do DIARINHO.

Funcionários do Emasa ajudaram nas buscas por Marcellus vasculhando as galerias do rio Camboriú. Somente o boné do haitiano foi encontrado

Sandro Silva
Tem 31 anos de jornalismo, formado em pedagogia pela Udesc e com MBA em Gestão Editorial. geral@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com