Home Notícias Geral Feira do livro em SC veta presença de Mirian Leitão depois de ameaças

Feira do livro em SC veta presença de Mirian Leitão depois de ameaças

Feira do livro em SC veta presença de Mirian Leitão depois de ameaças. Foto: Reprodução/Internet

A anunciada participação da jornalista Miriam Leitão na 13ª Feira do Livro de Jaraguá do Sul, que será de 8 a 18 de agosto, durou pouco tempo. Um dia depois de anunciada, a comissão organizadora voltou atrás e cancelou. O mesmo aconteceu com a presença do sociólogo Sérgio Abranches.

Os dois foram cortados por causa de uma campanha nas redes sociais. A jornalista é vista como opositora ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), sendo que ele teve 83% dos votos válidos na cidade na última eleição.

“Por seu viés ideológico e posicionamento, a população jaraguaense repudia sua presença”, dizia um trecho do manifesto que tinha 3.050 assinaturas até a tarde de terça-feira.

Carlos Schoroeder, coordenador artístico do evento, contou que os moradores de Jaraguá também passaram a enviar ameaças de boicote ao evento caso a presença de Miriam não fosse vetada. Era uma mensagem ameaçadora por minuto em menos de 24 horas, segundo Carlos.

A opção de cancelar a presença foi por causa da segurança do evento e da jornalista, afirmou o organizador. “A gente vai ser crucificado de todos os lados: pela direita, por ter convidado e pela esquerda por ter desconvidado. Mas é muito fácil falar, difícil é estar nessa posição”, se defendeu.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com