Home Notícias Geral Fabrício de Oliveira e Décio Lima tavam nos confrontos de Brasília

Fabrício de Oliveira e Décio Lima tavam nos confrontos de Brasília

O prefeito de Balneário Camboriú teve que sair às pressas de um ministério atacado por manifestantes. Já o deputado itajaiense se machucou quando tropas do governo foram pra cima da massa

O prefeito Fabrício Oliveira (PSB), de Balneário Camboriú, e o deputado federal Décio Lima (PT), de Itajaí, foram mais do que testemunhas históricas da manifestação desta quarta-feira, em Brasília. Eles estavam na capital federal quando o conflito estourou. Décio integrava a manifestação e Fabrício estava num dos ministérios atacados.
O ato, convocado pelas centrais sindicais, era um protesto contra as reformas da Previdência e Trabalhista, exigia a saída do presidente Michel Temer (PMDB) e acabou descambando para confrontos de rua.
Fabrício estava no prédio do ministério da Fazenda, que teve vidros quebrados e sofreu um princípio de incêndio. O local precisou ser evacuado às pressas. O prefeito de Balneário contou ao DIARINHO que a situação parecia um cenário de guerra.
Décio Lima se machucou ao cair num carro de som, quando tropas do governo passaram a atacar indiscriminadamente os manifestantes. Para o deputado, houve um ataque desnecessário do Exército.
O conflito começou quando um grupo de manifestantes rompeu o cordão de isolamento da PM e atacou três ministérios. Para os deputados da oposição, as forças do governo, no entanto, fizeram um ataque geral e não apenas contra quem depredou os ministérios.
A ocupação de Brasília pelas tropas federais foi determinada pelo presidente Michel Temer (PMDB) a pedido de Rodrigo Maia (PMDB), presidente da câmara dos deputados.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com